Terça-feira, 9 de Janeiro de 2007

EVOLUTION (?)

...tenho andado menos deprimida... tenho-me sentido com alguma força para ir encarando isto, tudo... desde o emprego ao meu coração, com alguma garra, garra que sempre me foi tão própria... mas... nem por isso me sinto menos triste.. vazia... à medida que os dias passam, e eu choro menos por este meu querido e grande amor, parece que por dentro, vou também secando... sinto-me a secar... e tenho muito medo disto, pois eu qd arrefeço, posso tornar-me numa pedra de mármore, negra por dentro, sorridente por fora, que ninguém, mesmo ninguém atinge... e tenho medo disto... eu já fui assim... ria-me do amor, houve até uma altura em que afirmava que não queria ser mãe nunca na vida, tal era o meu desprendimento, nunca ninguém nem nada me tirariam um niquinho de liberdade que fosse... nessa altura não havia mtas coisas que me magoassem... e sinto-me a voltar a esse extremo... porque ou amo, ou deprezo... e na perda deste amor, sei que vou desprezar um pouco a vida e o que ela me tem para oferecer, pois eu sou assim. Apenas os Amigos me serão valiosos, como são agora. Tudo o resto não passará de grãos de arroz. Tenho medo de ser assim, já me sinto velha para isso, quero amar, quero curtir a Vida, quero a minha família, unida, única, feliz. Não me posso dar ao luxo de caír no extremo da secura interior... mas sinto que é isso que está a acontecer, como forma de me proteger... e eu estou cansada de dôr... enquanto ele está "em alta"... com ela.

aluado por Bianca às 16:51
link do post | vem até à minha Lua Azul | favorito
|
6 comentários:
De Sarinha a 9 de Janeiro de 2007 às 20:19
oláh! Gst imenso do teu blog! Parabéns...

Visita o meu, komenta e vota na enketa, ppf...

Bjokas e kontinua
De Lili a 9 de Janeiro de 2007 às 21:27
Uma das fases mais importantes do terminus de uma relaçã é fazer o seu luto, chorar, vestirmos o nosso coração de negro,fechar o nosso coração à vida. Só assim reaprendemos a sermos nós próprias sem a companhia do outro.
Mas como em qualquer àrvore no jardim, depois do inverno, um dia o sol volta a brilhar e devagarinho... muito devagarinho as folhas verdes voltam a nascer e daí a nada voltará a dar frutos.
Nada é eterno! Nem os amores e muito menos os desamores.
Não percas a esperança em ti Bianca!
Beijos
De Mikas a 10 de Janeiro de 2007 às 12:04
Espero que haja mudança na tua vida mas para melhor....
De Love and Devotion a 10 de Janeiro de 2007 às 12:23
Penso que não te deves preocupar com o facto de achares que estás a ficar fria. É essa frieza que não nos deixa pegar numa arma e para darmos um tiro na cabeça quando a vida teima em andar por trás. Eu, por exemplo, apesar de tudo, até sou por natureza, ou induzida, bastante fria. Ainda assim, essa frieza nunca foi nem é o suficiente para deixar de sofrer nesta vida de decepções. Penso que gostaria de ser na totalidade fria: podia perder a capacidade de amar, mas também não sofreria mais até ao fim dos meus dias. É pena as coisas intangíveis, como por exemplo, a frieza, não poder ser transferida de pessoa para pessoa, porque se não ficava com a tua cota parte. Ainda assim, noto que a minha Antárctida , está a ficar com mais gelo, que na minha óptica até é positivo para mim! Fica bem e não lamentes ficar fria: é um bom escudo protector!
De Xicateka a 10 de Janeiro de 2007 às 14:25
Desculpa a intromissão, andava a passear por aí e vi este blog, imediatamente me identifiquei, uma vez que não deve haver ninguém, ou se há é uma minoria, que nunca tenha sofrido os horrores de um desgosto de amor, e eu identifiquei-me porque era exactamente como está relatado, eu? sofrer por amor? nunca! e pimba, em cheio, apareceu-me um escroque, lindo, simpático, surfista, com falinhas mansinhas, e olha, deixei-me levar na cantiga...
Quando me quis libertar dele já estava enredada na teia que ele soube tecer, qual aranha prepara a armadilha à mosca... Bem querida, a verdade é que sofri horrores, a herança foi uma naorexia nervosa, uns miseros 45 kilos, e uma belissima depressão.
Passou, com muito custo, passou, o sofrimento foi horrível, mas os amigos foram uma ajuda preciosa que não faltou na hora certa.
Uma coisa te garanto, durante 3 anos não quis ouvir falar de namoros com ninguém, e como sou de ideias fixas, o fulano não me saia da cabeça. Tentou aproximar-se de mim, ao final de uns 8 meses de separação, mas eu não consegui desculpar-lhe ser infantil, estúpido, escroque e um grande porco, já sabia que se reatasse com ele, ia ser cornuda, e nunca tive vocação para isso.
Não te vou aconselhar, porque os conselhos se fossem bons pagavam-se, digo-te que vai doer muito, mas vai passar, um dia vais acordar e vais ver o Sol com outros olhos, a tua Lua azul, vai brilhar mesmo, e tu vais ter vontade de viver de novo com alegria. Tenta não recordar os momentos passados, tenta viver um dia de cada vez.
Fica bem e desejo-te muitas felicidades, e aproveito para reiterar o pedido de desculpa pela intromissão.
De vivendo-me2 a 10 de Janeiro de 2007 às 14:49
Olà....
Desculpa invadir assim o teu espaço sem te conhecer, este endereço foi-me dado por uma amiga que tb aqui comenta, a Xicateka, a minha Princesinha.
Pelo que me contou a Xica e pelo unico post que li, "este" consigo imaginar o que estas a sentir, sem te conhecer condivido a tua dor.
Se te podesse trazer um sorriso aos labios seria optimo.
Pk nao passar no meu blog amanha? amanha publico algo que normalmente faz rir, quiçà nao te conseguisse fazer rir a ti tb?.
Bem, jà falei demais, desculpa a invasao.

Comentar Luar

.O meu ADN Visual :)

Read my VisualDNA     Get your own VisualDNA™

.Passaram por esta Lua...

xanga tracker
Digital Blue Cameras

.luares recentes

. A Dôr de Sentir e Saber

. o fim

. Cegueira

. inércia

. Inconsistência

. Já não tenho palavras

. A Paz que não existe

. ai... suspiro...

. HOMEM

. Coração fora

.Luas passadas

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Setembro 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Fevereiro 2011

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Agosto 2006

. Maio 2006

.Janeiro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.blá blá blá?

.favorito

. Covardia

. "Amigo"

. Compadre Inventor

. Tu ... um encontro ...

. o maior tesouro do mundo

. Não sei o quê ...

.pesquisar nesta Lua

 

.subscrever feeds