Segunda-feira, 9 de Abril de 2007

A Vivência...



... amor novo... carro "novo" (eheh)... casa nova?... será que devo?...
... o meu querido "raptou-me" para casa dele, já nem me lembro da última vez que dormi em casa... por um lado sinto-me muito bem com ele, lá em casa... mas por outro sinto que estou a ir depressa demais... ainda nos estamos a conhecer, e quando dou por mim já estou a fazer vida conjunta com ele.. o cozinhar, o limpar, o acordar junto, o quotidiano da nossa vida a dois... esta-se bem, gosto muito dele e da sua companhia... mas... às vezes tenho vontade de regressar para o meu ninho, dar um tempo nesta vivência a dois, sinto que estou a facilitar demasiado esta conquista, e por vezes apetece-me por um travão nisto, abrandar... ver se ele sente a minha falta, ver se sinto a falta dele (eu ia sentir, de certeza). O meu querido ex-namorado pediu-me várias vezes que fosse viver com ele... sempre respondi que não... sentia que não havia espaço para mim naquela casa... com o meu querido não acontece isso, talvez por este motivo já lá estou, e vou ficando... já lhe disse que qualquer dia regressava "à base" (minha casa), ao que ele respondeu, com a sua voz muito à homem: "Calma..."... noutro dia disse-lhe que por qualquer motivo tinha de ir a casa, e ele perguntou-me: "qual casa?" e eu respondi: "à minha", e ele: "Então aquela é que é a tua casa?"... e eu: "pois..."... mostra que ele me quer com ele, e veja a sua casa como minha... ele é um homem espectacular... mas às vezes apetece-me dar um abanão nisto, ver como ele reage, porque por vezes acho que ele está demasiado seguro do meu amor... o que não é verdade... estou super apaixonada por ele, ele tem tudo para que eu o ame, e quero realmente ficar com ele, mas sinto que lhe estou a dar "abébias" ao partilhar assim a minha vida com ele...
Parvoíces da minha cabeça, eu sei, mas a minha liberdade é uma coisa que sempre me foi preciosa, vivi durante muitos anos longe dela, achando que era assim que tinha de ser, para não magoar, para não causar desconfianças e inseguranças, e agora que a recuperei não a quero perder... eu dou-me muito bem sozinha... sempre dei... e esta situação do estar já praticamente a morar com o meu querido tira-me aqueles momentos de reflexão, de solidão que sempre apreciei, por um lado, e por outro ele deve pensar que me tem na palma da mão...
Enfim... calma... calma exige muita prática, e eu ainda ando a treinar... sempre fui um bocado impulsiva, e não quero dar um passo em falso.
aluado por Bianca às 12:25
link do post | vem até à minha Lua Azul | favorito
|
18 comentários:
De Analycia a 9 de Abril de 2007 às 13:57
Amiga como eu te compreendo...o nosso "cantinho" faz parte da nossa ideia de liberdade, o nosso porto seguro. Mas no teu caso, que é muito diferente do meu, a partilha do espaço que o teu querido está a fazer, para mim é uma prova do carinho e da dedicação que ele tem por ti. E tu, não entres naquelas "birrinhas" que todas fazemos, para testarmos até que ponto eles gostam de nós, só provamos muitas que estamos a perder tempo precioso para o bem dos dois. Ensina-o antes a respeitar os teus momentos reflexão e vais ver que ele ainda vai gostar mais de ti. Jokas
De Bianca a 9 de Abril de 2007 às 15:57
Pois é querida Analycia... tens razão... não me posso entregar a estas birrinhas só para o testar... só o facto de ele me ter dado uma chave de casa, e partilhar o seu espaço comigo de uma forma tão... voluntária e verdadeira já devia ser uma prova em como ele me quer bem... e ele sabe que eu preciso de tempo comigo mesma, e respeita isso... vou tentar não complicar...
Um beijinho enorme, muito grata pelas tuas palavras, Amiga :**
De cintia a 9 de Abril de 2007 às 14:03
Querida amiga, vejo que estás num dilema, por um lado o teu amor a necessidade de dar e receber carinho, partilhar, do outro o teu lado de liberdade, isolamento, pois é minha querida, vais ter de pensar com muita calma e ponderar o que possa ser melhor. Mas uma coisa eu te digo, acho que o teu amor não pensa que te tem na mão, se ele te ama deve querer partilhar a sua vida contigo, não ser´isso?
Beijinhos cintilantes


cintia H.
De Bianca a 9 de Abril de 2007 às 16:00
Querida Amiga :) sim, deve ser isso... é o facto de ele querer partilhar a sua vida comigo que me prova que me quer bem, e ao lado dele... só tenho de encontrar um equíbrio entre a vida a dois, e a minha liberdade para estar comigo mesma... pois em relação a estar com outras pessoas, estar com amigos, saír, jantar, ele é impecável e não atrofia com nada :) mostra um bocadinho de ciúmes, mas aceita bem que tenha amigos e que sai com eles, o que é excelente pois abdiquei durante anos dos meus amigos...
Uma beijoca bem grande e um abraçinho apertado :**
De blogando-me1 a 9 de Abril de 2007 às 14:25
Em primeiro desculpa a invasao do teu blog. Mas depois de te "ler" não resisti a comentar.
Claro que quando amamos nos sentimos nas nuvens e fazemos de tudo para que as coisas corram bem.
Eu por experiencia de 17 anos de casada digo-te que vas com calma. Habituei-me a fazer tudo sozinha, a tomar conta da casa, a trabalhar, a ser mãe e pai ao mesmo tempo, porque ele só olhava para o umbigo dele e tinha-me como um dado adquirido. Eu não olhava para ninguem, logo ninguem olhava para mim. Mas quando eu me cansei começaram os problemas. Por isso te digo, continua com o teu cantinho e quando te apetecer estar sozinha, fica. Não ha nada como termos os nossos momentos de solidao para pensarmos em nos e na nossa vida. Mas não quer com isto dizer que não te deseje as maiores felicidades do mundo.
Bjs fofos
De Bianca a 9 de Abril de 2007 às 16:05
Querida Blogando-me1,
Muito grata pelas tuas palavras... esta partilha de experiências é-me preciosa... sei que não posso deixar que ele pense que me tem na palma da mão... quero que saiba que o adoro, que quero estar com ele, mas não me sujeito a nada que me faça sentir mínimamente infeliz (já lho disse)... o caminho é por aí, encontrar o equilíbrio e lutar pela minha (nossa) felicidade...
Obrigada Amiga, beijocas grandes :**
De olha_por_mim a 9 de Abril de 2007 às 15:40
Amiga, se estás feliz com esta situação não a estragues...a mim não me parece que ele pense que já te tem na mão...mas sim que te ama muito e que quer muito o teu bem...é tão bom eles dizerem que o que é deles tb é nosso...é porque confia em ti...porque te ama...
Não tens de dar um abanão à tua situação...é normal que por vezes queiras estar sozinha...e acho que se lhe explicares isso ele vai compreender...eu estou casada e por vezes tb preciso do meu espaço...claro q o facto de estar casada implica muita coisa...mas eu consigo arranjar espaço para ter os meus momentos a só...para pensar...
Por isso amiga...aproveita pois ele ama-te...e eu sinto que tb estás muito feliz...e a felicidade é base da nossa vida...
Beijocas enormes
De Bianca a 9 de Abril de 2007 às 16:13
Olha_Por_Mim... Amiga :)
Sim, tenho muitos momentos de felicidade com este homem a meu lado... ele complementa-me numa imensidão de coisas, temos tantas coisas em comum :) é um querido e fala sempre no plural, referindo-se à "nossa" mota, à "nossa" casa... enfim... ele é excelente... tem o seu feitio, um carácter MUITO forte, mas é excelente pessoa, um companheiraço a 100% :) e é isso, a junção destas duas coisas - o carácter forte e o seu imeeeenso coração - que me fazem gostar dele cada vez mais, e por outro lado ter mais medo que as coisas não corram bem... e perca este homem que me adora... ele tb compreende os meus momentos de solidão e respeita-me, respeita tb o facto de ter amigos homens e gostar de estar com eles, o que já é um "achado" (sempre preferi a amizade masculina à feminina, talvez por ter um mano mais velho e sempre me ter dado mt com rapazes)... mas esta insegurança que me faz querer fugir para o meu canto...bem... tenho de acabar com ela... sei que vou conseguir, ainda para mais com o apoio de pessoas espectaculares como tu, minha querida Amiga... muito grata por estares aí, por me leres, por me apoiares e partilhares a tua própria experiência comigo :)
Beijinho no fundo do coração :**
De sonhos de algodão a 9 de Abril de 2007 às 16:09
Compreendo o que sentes quando dizes que estás a ir depressa demais, se o sentes, talvez tenhas razão. Mas o problema está em agora dares um passo atrás.... Ele não vai entender, vai pensar que o estás a pôr à prova.... Por outro lado também axo que deves ser dona do teu espaço, eu não sinto muita falta porque passo muito tempo sozinha, entro em casa e o meu marido só chega passadas quase 3 horas depois... sempre tive "o meu tempo e espaço". Tas numa situação complicada Binaca, cuidado com a decisão que tomas e fa-lo com calma e ponderação e principalmente não deixes o querido pensar outras coisas que não o que realmente se passa.
Beijos e boa sorte
De Bianca a 9 de Abril de 2007 às 16:23
Algodão Doce, Amiga... tens razão... ele sabido como é, vai logo pensar que o estou a pôr à prova ( e não estarei?), e vai reagir de acordo com isso, ou seja, fazer exactamente o inverso daquilo que se esperaria que ele fizesse, para se proteger... com ele não posso andar a "brincar", é um homem experiente e não admite que brinquem com ele... mas por outro lado sinto necessidade de me afastar um pouco, saír um bocadinho do território dele... não é por estar saturada ou pela rotina se ter instalado, longe disso, até porque passamos o dia todo longe um do outro, ele chega e ainda vai para o ginásio, o que tb me dá uma certa liberdade para estar sozinha, mas o facto de estar práticamente a viver na casa dele é que me dá a sensação disto estar a andar depressa demais sem ter ainda pernas para andar a essa velocidade, percebes?
Não vou tomar nenhuma decisão para já, os dias tb passam a correr, e se sentir necessidade de dar o tal passo atrás, darei, e explicarei as minhas razões. Se ele me ama, entenderá.
Um beijinho MUITO grande Amiga :***
eheh, vais ser mamã :DDDDDDDDD que BOM!!!!!! eheheheheh :******
De isa a 10 de Abril de 2007 às 08:47
Bianca se te sentes bem contigo mesma vai em frente vive esse amor que te deixa tão feliz. Mas....preserva o teu cantinho esse será o teu refugio. A vida a dois é sempre diferente mas à que escolher entre a solidão e a companhia nos bons e maus momentos.
Desejo te muitas felicidades.
Beijocas
De Bianca a 10 de Abril de 2007 às 09:18
Pois é Isa... escolher entre a solidão e a companhia nos bons e nos maus momentos... sabes, eu qd estou num mau momento prefiro que ninguém me veja assim, seja triste, zangada, irada, magoada... enfim, prefiro que não me vejam assim, para não magoar, e tb para não desiludir...
O meu cantinho continua lá, por via das dúvidas...
Amiga, muito obrigada por torceres por mim, pela minha felicidade, obrigada por me acompanhares nesta subida... :)
Para ti, tudo de bom :**
De FELINO a 10 de Abril de 2007 às 10:14
Olá
Estou sem net depois contacte
beijinhos
Ass: felino
De Bianca a 10 de Abril de 2007 às 11:20
ai... o que é feito de nós sem a net, a bendita net... lolololol :p
De homem de negro a 10 de Abril de 2007 às 10:16
Olá...
Pode até ser bem velhinha, como a minha, mas é sempre aquele canto que me acolhe sem perguntas, sem problemas, sem inquirições... Diz apenas: entra, põe-te à vontade. Tens aí os teus livros e a tua música, o teu sofá velho e confortável, está aqui muito do teu ser...
É por isso que acho que fazes bem, manter as duas casas, até porque haverá sempre um lugar para onde voltares quando houver dias mais dificeis. Que por agora não parecem existir, mas que pelo que fui lendo nas tuas palavras sabes perfeitamente que existem...
Um beijo vadio, a gente vê-se por aí...
De Bianca a 10 de Abril de 2007 às 11:29
Homem de Negro... que eles existem, existem ;) e qd me dá para o mau feitio, o melhor mesmo é desaparecer do mapa, para não magoar ninguém nem dizer coisas que depois me arrependa... mas tb estou num processo de evolução onde aprendo a controlar o mau génio, e a canalizar as minhas desavenças para outra coisa que não os amuos ou a mágoa... com tempo vou lá ;)
Beijinhos e muito grata por me visitares e comentares :)
De Annallegra a 10 de Abril de 2007 às 23:23
Amiga, cheguei tarde demais.... Eu estava me preparando para te escrever que eu não estou conseguindo dá conta nem da minha vida, por isso eu não poderia lhe dá nenhuma opinião sobre morar com ele ou não. Só Jesus amiga, homem é tudo igual mesmo, só muda de endereço. O importante é que você esteja feliz.

Fique bem meu anjinho. Dê noticias, ok?

Beijão da sua amiga.

.ANNALLEGRA.
De Bianca a 11 de Abril de 2007 às 10:13
Obrigada Amiga :)
E chegas sempre e tempo, viu? ;)
Beijinho muito grande, cheio de Amizade :**

Comentar Luar

.O meu ADN Visual :)

Read my VisualDNA     Get your own VisualDNA™

.Passaram por esta Lua...

xanga tracker
Digital Blue Cameras

.luares recentes

. A Dôr de Sentir e Saber

. o fim

. Cegueira

. inércia

. Inconsistência

. Já não tenho palavras

. A Paz que não existe

. ai... suspiro...

. HOMEM

. Coração fora

.Luas passadas

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Setembro 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Fevereiro 2011

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Agosto 2006

. Maio 2006

.Janeiro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.blá blá blá?

.favorito

. Covardia

. "Amigo"

. Compadre Inventor

. Tu ... um encontro ...

. o maior tesouro do mundo

. Não sei o quê ...

.pesquisar nesta Lua

 

.subscrever feeds