Quinta-feira, 2 de Novembro de 2006

De que vale? Ajudem-me :'(

De que valeu todo o apoio, carinho, amor, amizade, companheirismo que partilhámos durante ANOS? De que valeu toda a dedicação mútua, todas as aventuras que vivemos, coisas doidas mesmo, que faziam parte de nós, da nossa relação, e que nos faziam tão próximos, tão cúmplices? DE QUE VALE isso agora??? :'(  de que vale uma vida juntos, face ao medo de voltar a sofrer por minha causa, por nós, face ao medo de voltármos a caír nos mesmos erros? Não vale nada? Para mim vale... vale tudo........  Até aceitar que vivas essa aventura com uma pessoa que bem sabemos não é, nem perto, aquilo que queres a teu lado para a vida, com um passado (e presente) duvidoso, uma menina de festas, "fácil" e fútil, e que a única vantagem que tem sobre mim é ainda não ter tido tempo para te mostrar que não é melhor do que eu EM NADA... e tu sabes disso.

Eu também sei que agora não estás preparado para enfrentar nada que te exija muito esforço, precisas de desligar, precisas de espaço, e estar nessa coisa fácil que surgiu na tua vida. O fim da nossa relação deixou-te desgastado e amargo, sem forças para lutar. Eu sei disso. E tento respeitar... Também tenho muito que crescer até ser capaz de enfrentar uma nova relação na minha vida, seja lá com quem fôr... lambo as minha feridas, tento levantar-me, mesmo sendo constantemente empurrada por ti, e queda atrás de queda, tento levantar-me...seria tão mais fácil tendo o teu amor como seguro, tendo a tua vontade de voltar para mim, não interessa quando, segura... seria tão mais fácil resistir a isto e não me afundar, respeitar o que vives agora, porque saberia que era por um bom motivo, aceitaria porque saberia que eu continuaria a ser para ti "a tal", tua e especial, como parte da tua Alma, e NADA é mais importante do que isso. Nem essa aventura que vives agora. Só tenho medo... tenho medo de não resistir e caír nos braços de quem me está a rodear de atenções, apaixonado... e eu não quero fazer isso... mas fica dificil assim, abandonada pelo meu Amor, regeitada, e vendo-te cada vez mais distante de nós, sem uma palavra de alento, de coragem, sem uma palavra que me mostre que ainda estás aí...  :'( morro a cada dia que passo sem ti.

 

sinto-me: a morrer...
aluado por Bianca às 10:51
link do post | vem até à minha Lua Azul | favorito
|
9 comentários:
De Pankas a 2 de Novembro de 2006 às 17:42
Olá!!!
Cada vez percebo mais que esse amor cresece cada vez mais em vez de diminuir... Conforme cresce vais-te magoando a ti e a ele (pelo que me apercebi).

Uma pergunta: Desiste-te dele? Ou foi ele que desistiu de ti? Ele pensa em ti? Tens certezas que é só uma aventura aquela rapariga com quem ele está agora? Será que ela é mesmo aquilo que tu dizes: "uma menina de festas, "fácil" e fútil, e que a única vantagem que tem sobre mim é ainda não ter tido tempo para te mostrar que não é melhor do que eu EM NADA..."?
(Desculpa, já vou em demasiadas perguntas)

Pensa um pouco: De que valeu estes anos todos junto dele... Queres que te diga? Valeu muito... aprendeste a amar, aprendeste a respeitá-lo, aprendeste várias coisas com ele, certamente, e vice-versa... Valeu para seberes quais são os limites de um e do outro... Valeu tanta coisa... Agora não podes dizer que não valeu de nada... Porque valeu de muito... Até um realção de uma semana vale sempre alguma coisa... Aprendemos sempre algo...

Mais uma coisa: Não tenhas medo de voltar a amar... Enquanto tiveres medo não vais conseguir nada... O medo vai sempre atrapalhar tudo... O medo não te vai deixar ultrapassar obstáculos... Acredita no que te digo...

Beijos... Fica bem....
De Bianca a 3 de Novembro de 2006 às 16:23
Abelhinha... Mias uma vez obrigada por estares atenta ao pedido de socorro... respondendo às tuas perguntas: fui eu quem desistiu dele... na altura pareceu-me o melhor, pois estávamos a ter mau dia tráz de mau dia, e pensei que, estando afastados, teríamos tempo e vontade de evoluírmos como ser humanos... dps de tantos anos de relaccionamento, estávamos desgastados, o amor continuava lá, mas estavamos realmente saturados... Se ele pensa em mim? Sim. Ele próprio admite que sim, q sou especial, sempre serei, mas que agora não dá. Pede-me tempo. E eu desespero por vê-lo com outra... e respondendo à tua outra pergunta, aí está o que me desespera: o saber que ele me ama, mas que está todo encantado por esta pessoa nova... e sim, é uma menina de "festas", fútil e muito "fácil", percebes? Daquelas de baixa manutenção... digo isto pelo que tenho descoberto dela, através inclusivé da pag. hi5 dela, em que as próprias amigas a tratam por "cabra"... e, não é mais bonita ou interessante do que eu. Com digo, ainda não teve tempo de mostrar o q realmente é. Sabes qd no início de uma relação são tudo rosas... pois é. É essa a vantagem dela sobre mim. Mas mesmo que fosse uma nina como deve ser, podes calcular que a dôr seria a mesma, e a situação qs idêntica.
E sim minha querida abelhinha, para mim valeu cada segundo que passei ao lado dele, na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, quase tipo casamento. Se não tivesse valido com ele, não iria valer com mais ninguém, percebes? E apesar de estar com o coração destroçado, e andar a fazer contas à vida e ao valor que tem para mim sem o meu Amor, não estou amargurada. Não deixei de acreditar no Amor. Obrigada Abelhinha, tudo de bom para ti *
De anck a 2 de Novembro de 2006 às 21:42
Olá.....
queria só deixar-te uma palavra de carinho e de conforto.Atrevo-me a dizer que sei como te sentes pk tambem eu tou a viver a dor da perda.Quando amamos e perdemos,aquilo que não resolvemos transforma-se em raizes de amargura,ou seja coisas por resolver,não terminam,tendem a continuar.Acho que o teu amor é agora mais forte,pelo menos mais afirmado.deixo-te um conselho que não pediste,mas aqui vai: luta pelo teu amor,luta pelo que sentes.é melhor arrepederes-te do que fazes do que daquilo que nunca fizeste,pk ai pesa a duvida.
se precisares de algo diz.
fica bem
ass.bibocas
De Bianca a 3 de Novembro de 2006 às 16:48
Bibocas, estou feliz por ter boas pessoas que se dão ao trabalho de me lerem, compreenderem e aconselharem. A vossa opinião tem para mim um valor enorme, uma vez que me sinto perdida e muito infeliz, talves devesse procurar aconselhamento psicologico, mas por enquanto procuro aconselhamento de pessoas como eu, reais, e de senso comum, que me fazem sentir compreendida :) tens razão qd falas nas raízes de amargura... a injustiça de não haver mais uma hipótese para tentar fazer o melhor que sabemos, porque agora sim, tenho a certeza que afinal não tenho a vida toda para o fazer, e o que conta é o "aqui" e o "agora". Fica cá dentro uma vozinha que diz: mas porquê é que não foste mais branda? Porquê é q não foste mais tolerante? porque não lhe disseste mais vezes que o amas?, percebes? e queria mt ter a oportunidade de corrigir este erro. Aprendi com ele. Cresço, enquanto sofro, cresço, e dou um valor ao Amor que nunca dei, sempre fui mt desprendida... Ficam as raízas de amargura, o arrependimento, o sabor a derrota, o coração cheio de mágoa por tudo de bom que se perdeu... dói mt :( e acima de tudo dói o facto de ele estar a dar a oportunidade a outra de o conquistar, e não a mim, não a nós, e à nossa história de amor, com final feliz...e sim, prefiro arrepender-me do fiz, do que ficar a pensar em "como seria se...".
Vou tomar a liberdade de ver tb o teu blog. Beijinhos, e Obrigada Bibocas :) Força também para ti, eu estou aqui para te apoiar, no que conseguir :)
De sonhadora a 3 de Novembro de 2006 às 18:18
Olá! Andava a vaguear pelos blogs à procura de ler algo interessante e achei o teu... Li desde o inicio para tentar entender melhor... Eu acho que todos nós já passamos pelo mesmo que tu... Quem não sofreu por um amor não correspondido?!... A verdade é q ficamos sempre a pensar porque não poderia ter tido uma nova oportunidade de ter feito melhor?... como tu dizes nestas frases... "a injustiça de não haver mais uma hipótese para tentar fazer o melhor que sabemos, porque agora sim, tenho a certeza que afinal não tenho a vida toda para o fazer, e o que conta é o "aqui" e o "agora". Fica cá dentro uma vozinha que diz: mas porquê é que não foste mais branda? Porquê é q não foste mais tolerante? porque não lhe disseste mais vezes que o amas?, percebes? e queria mt ter a oportunidade de corrigir este erro." ...mas a verdade é como tu dizes o que conta é "aqui" e o "agora" é precisamente isso!... A oportunidade foi-nos dada se não resultar é por que não era para ser... Aprendemos sempre algo de novo por isso vale sempre a pena!... Não lamentes porque acabou, fica feliz porque aconteceu!...
Boa sorte, fica bem, beijinhos
De Bianca a 4 de Novembro de 2006 às 13:22
Sonhadora... Obrigada pelas tuas palavras... tens razão, o que se passa cmg não é novo, todos nós já tivemso o coração partido, perdido e encolhido devido à perda. Quero ser forte e fazer do teu conselho um lema de vida: Não lamentar porque acabou, mas sim ficar feliz porque aconteceu... mas dói tanto, custa tanto... Beijinhos e OBRIGADA, do fundo do coração...*
De suy a 3 de Novembro de 2006 às 21:47
OI!!!Penso que não existe muito mais que te possa dizer está tudo escrito aqui...Mas peço-te por favor para lutares por os teus objectivos de vida e se neste momento ele ainda faz parte desses objectivos então não baixes a cabeça agora..Se queres voltar a dizer-lhe diai após dia que o amas que o adoras então não des treguas a ninguem,principalmente a ti por estares a sofrer dessa maneira...Beijinhos da suy
De Bianca a 4 de Novembro de 2006 às 13:29
Suy,
Vivo num dilema, por um lado, toda a vida fui uma lutadora, tenho um génio mt forte, que já me safou de umas qtas "alhadas", e me meteu noutras qtas... por mim e pelos meus amigos sempre dei tudo, sempre lutei... mas nos assuntos do coração sou mt fraca, vivo do Amor, e para o Amor, e vejo nesta sinergia uma forma de torna r a minha existência menos fútil, menos vulgar, percebes? e ele era o tal... nada fútil e nada vulgar, um coração do tamanho do mundo, que eu deitei para fora da minha vida, achando fazia bem... fraco demais para lutar por ele,e por nós, deixou-se caír nos braços de uma gaja q está habituada a seduzir... e agora despreza tudo o que vivemos durante 8 anos, despreza a nossa amizade... mas sinto que ainda me ama... mas, até que ponto vale a pena continuar atrás deste amor que foge de mim? Procuro não pensar mt nisso, e fazer o que sinto que devo fazer... e agora, sinto que devo lutar por ele, apesar de que cada empurrão que ele me dá, ser como mais um bocadinho do meu coração que seca...
obrigada pelas tuas palavras:) tudo de bom*
De suy a 4 de Novembro de 2006 às 14:34
OI linda!!!Olha digo-te que por mais empurroes que ele te dê não desistas de lutar pelo que tu queres..È muito importante para ti ficar esclarecido que na realidade ele já não te queira mesmo na vida dele...Só assim poderás fechar esta etapa da tua vida que por mais que te custe tens que enfrentar...Não desistas de o procurar de lhe falar...Se realmente ele já não te quiser(o que eu duvido)ele vai por desistir dessa gaja "fácil"e vai ver que está a errar...Eu já estou bem melhor com o meu amor...Só espero que o teu proximo post traga muito boas noticias...Luta não desistas...Obrigada pelo comentário.Beijinhos da suy

Comentar Luar

.O meu ADN Visual :)

Read my VisualDNA     Get your own VisualDNA™

.Passaram por esta Lua...

xanga tracker
Digital Blue Cameras

.luares recentes

. A Dôr de Sentir e Saber

. o fim

. Cegueira

. inércia

. Inconsistência

. Já não tenho palavras

. A Paz que não existe

. ai... suspiro...

. HOMEM

. Coração fora

.Luas passadas

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Setembro 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Fevereiro 2011

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Agosto 2006

. Maio 2006

.Janeiro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.blá blá blá?

.favorito

. Covardia

. "Amigo"

. Compadre Inventor

. Tu ... um encontro ...

. o maior tesouro do mundo

. Não sei o quê ...

.pesquisar nesta Lua

 

.subscrever feeds