Quarta-feira, 29 de Novembro de 2006

fórmula mágica para o esquecimento?...

Ontem não fui capaz de estar contigo... Porquê?... ;'(  Não tinha forças... não conseguia... sentia-me fraca demais para lutar por ti... sentia-me fraca demais para fingir que estáva bem... antes de me vir embora, preparei-me... vesti-me, perfumei-me, olhei para o espelho e achei-me linda, sexy e sorri, esperando poder repetir aquele sorriso para ti, S*... mas à medida que as horas foram passando, a distância se encurtando, e o teu silêncio me afundando... apesar de saber no fundo do coração que estarias lá, à minha espera... fui mirrando... até que qd estava quase a chegar, sobrava apenas a sombra de mim... uma pessoa escura, por dentro, sem um sorriso, sem brilho no olhar... por isso preferi pedir que não fosses... não quero que me vejas assim, fraca... a morrer por dentro... não quero que vejas o mal que me fazes, Amor... porque já me fizeste tão bem, já me dedicáste todo o teu Amor, incondicional e tão honesto, verdadeiro Amor... tento sorrir, tento buscar o meu brilho, tento... mas é tão difícil fazê-lo sem ti Amor. É tão difícil sabendo que estás com outra...

que dôr!... alguém sabe uma fórmula mágica para o esquecimento?...

música: sour sour times, Portishead
Quarta-feira, 22 de Novembro de 2006

O Abraço em Vão... ;'/

... quero chorar e não tenho como... não posso... que sofrimento... ainda não partiste e sinto já a tua ausência... o nada que deixas no meu coração...

Abraço o vazio da tua ausência, em vão... e neste abraço sinto apenas o frio gélido do meu coração, que bate sozinho...

...quero-te tanto Amor... S*

socorro...

 

 

Terça-feira, 21 de Novembro de 2006

Grito por ti... no silêncio do nada que me rodeia...

... Nem sei qtas vezes por dia, ao deparar-me com uma situação que me remete para Ele, grito o seu nome, em silêncio... grito o seu nome, com o Coração, na esperaça que o coração dele me ouça e me responda... de volta tenho apenas o eco das minhas lágrimas, que me rolam cara abaixo sem o meu consentimento...sem qlqr vergonha... sem contenção...

...quando é que esta tristeza terá fim? Quando?...

... o psicólogo perguntou-me "Então, o que é que a tráz aqui?"... que pergunta parva... estou cansada de me sentir infeliz... estou cansada de me sentir miserável... estou à beirinha do precipício, com o meu Amado sempre a tentar empurrar-me para aquela queda infinta, e eu sempre  a tentar equilibrar-me... o que me levou lá? Eu não quero caír...

O "que raio de pessoa sou eu" não está esquecido... pura e simplesmente não me sinto... e não posso responder sobre o que não sinto...

:'/

Domingo, 19 de Novembro de 2006

resposta ao"que raio de pessoa sou eu", I

... respondendo ao meu anterio post, "que raio de pessoa sou eu..."

... este vai ser um post que terá várias partes, pois não consigo de uma vez só responder a mim própria ao "que raio de pessoa sou eu"...

... que raio de pessoa sou eu?... começando pelo básico?... alguém que ama, muito. Alguém que está extremamente magoada com a crueldade e frieza da parte de alguém para quem durante anos, fui tudo para ele.

Revoltada, tb, com o seu medo de voltar a tentar ser feliz comigo, de voltar a acreditar no wondercouple, com o seu medo de que ande aqui para o magoar, como já fiz., por ignorância, por inexperiência... Como ele me faz agora... ABRE OS OLHOS! olha para o teu coração. Não te proíbas de pensar... fogo... que desperdício... somos tão bons juntos, seu tonto... como podes não querer fazer mais e melhor, agora, depois de tudo o que temos vindo a crescer?...

Sou tb alguém que sabe que existe outro alguém que está a pouco e pouco a matar o amor da sua vida só porque quer é estar acomodado numa coisa fácil, só porque não consegue pensar sobre o que fomos, sobre o que podemos realmente ser, juntos, sobre tudo o que de bom tivemos, e que, só por isso, vale tudo, vale tudo a pena, NÓS VALEMOS A PENA. Quero chamár-lhe cobarde, porque é assim que ele está a gir, mas não quero ofendê-lo... sei que nada o tirará daquela dormência onde quer estar... onde quer, ou onde até precisará estar, como forma de proteção...

...sou tb extremamente cansada... de lutar contra isto, de lutar por isto... existem momentos em que penso:"Fogo!, não mereces esta shit toda, não tens medo de ficar sozinha, és uma lutadora, toda a vida o foste... ESQUECE-O! é ele que fica a perder... sem dúvida..."... mas depois lembro-me de que ele... é o tal... é ele, o meu Amor, para além do físico...

e agora, exausta por mais um longo dia em que passei sem o meu Amor, vou procurar no frio gélido de uma cama vazia que me espera, a dormência que me fará enfrentar mais uma segunda-feira, início de semana, longa semana...

... alguém sabe a melhor forma de aparentarmos felicidade?...

Queridos amigos "omnipresentes"... não existem palavras que exprimam a minha gratidão para convosco... para com todos vós, que vão passando na minha vida de forma "invisível", mas tão marcante... grata *

 

Sexta-feira, 17 de Novembro de 2006

que raio de pessoa sou eu...

... ele, chocado comigo exclama: "Assim ainda tenho menos vontade de falar contigo!", e pergunta: "... que raio de pessoa és tu que dá esse valor à vida? Que raio de pessoa és tu?!"... como te compreendo... como compreendo que te sintas assustado comigo, com o que te digo... e queiras fugir ainda mais...

... morro...

Que raio de pessoa sou eu?... ;'(

Quarta-feira, 15 de Novembro de 2006

Vazio... ouço o eco da minha tristeza...

 

... não encontro palavras que exprimam a profunda tristeza que sinto... estou exausta de lutar, de tentar compreender, de tentar aceitar... não consigo... acho extremamente injusto... acho que nada vale a pena... e não consigo mais... sinto um vazio brutal que me encolhe a alma, me esconde as lágrimas e me seca o sorriso...

não quero ser assim... não consigo continuar assim...

... amo-te mais do que à vida... muito muito muito...

 

Segunda-feira, 13 de Novembro de 2006

O Abismo que me rodeia...

Não!

Porque não acreditas que te Amo? Porque te obrigas a acreditar que não podemos ser felizes juntos? Porque te proíbes de pensar em tudo o que se passa na tua vida, no teu coração? Porque preferes jogar-te nos braços de outra, que tem tão pouco em comum com a mulher da tua vida, aquela que no teu estado normal escolherias para estar a teu lado, e nem por um momento és capaz de pensar no que estás a recusar, cegamente?... Amor não é prisão, amor. Amor não é dôr... Amor não é stress... nós sabemos disso... amor é feito de tanta coisa, como tu sabes, onde tb há espaço para as discussões, pois é importante discutir, pelo simples facto de que as coisas são importantes demais para não as tentarmos resolver... se não discutissemos, seríamos ou dois seres perfeitos, ou 2 hipócritas acomodados, e eu não quero ser nem um nem outro!... aprender a discutir, como  e quando tb é importante. E isso já nós aprendemos... Aprender a não deixar o Amor para depois, só com medo que amanhã, por um problema qlqr, haja arrependimento, tb já aprendemos... o perdão, a tolerância... vale tudo a pena, e é no AGORA, não é depois... o não stressar com coisas que ambos já sabemos que não é defeito, é feitio, o saber que se agimos de alguma forma mais travessa não é para magoar o outro, porque não somos inimigos…

E ver-te recusares sequer a hipótese de sermos felizes juntos, depois do tanto que lutámos para nos conhecermos melhor, para nos compreendermos e tolerarmos, é para mim uma coisa incompreensível... jogar fora toda a riqueza que a pouco e pouco, com tanto carinho, com tanta dedicação, com tanta paixão fomos juntando, riqueza de conhecimento mútuo, de partilha, e cumplicidade, de Amor, é para mim algo que... não consigo aceitar, não entra na minha compreensão... é brutal... de que valem tantos anos de partilha, entre-ajuda, amizade e amor? de que vale?...

Sim meus queridos Amigos, como praticamente tods voçês me dizem, valeu por tudo de bom, valeu por mim, que cresci, aprendi umas quantas lições preciosas, estou a procurar o meu equilíbrio como ser-humano, e sei q depois vou ser capaz de voltar a ter um relacionamento equilibrado, e serei concerteza mt feliz (serei?)... mas de que vale ser linda, equilibrada e saber ultrapassar as rasteiras que o convívio diário a dois nos prega, se não o posso ser com aquele que vejo como o meu homem ideal, com aquele para quem procurei ser feliz, para o poder fazer tb feliz, com aquele que imagino a ser o pai dos nossos 4 filhos, a carregar um às cavalitas, outro ao colo, outro agarrado à perna e outro debaixo do braço? sim porque ele seria capaz disto e mt mais... ele seria capaz de amar incodicionalmente, pois sempre teve um coração de OURO. Filho de uma família Feliz, equilibrada, tem tudo para ser um excelente companheiro, pai de família, e ainda assim corresponder aos meus apelos doidos de aventura e fuga à rotina... éramos tão bons juntos... Completas-me em aspectos em que sou fraca, e eu completo-te em outros aspectos que tb tu sabes que és fraco... e juntos fizemos o wondercouple... que acabámos por matar, devido à inexperiência do primeiro Amor, da primeira relação a sério... e que agora, mais pronta do que nunca para me dividir de novo contigo, e fazer a coisa com a sabedoria adquirida da dôr e do sofrimento pelo qual passamos, vejo-te recusares isto... em prol de algo que nem sabes mt bem o q é... como posso aceitar?... como posso acreditar em mim, no valor desta vida, do amor e da cumplicidade, se tu, que eras o meu bem mais precioso, e para quem tb eu era o teu bem mais precioso, recusas agora a nossa verdadeira oportunidade de sermos felizes?... que dôr... sento-me à beirinha do precipício à espera do golpe final, que me fará saltar sem sequer pensar 2 vezes... morta já estou.

Recusares a profundidade do nosso amor… recusares a Felicidade a meu lado… por medo... por preguiça... por inércia... não consigo... sabes que qd queremos é tão fácil.

socorro

 

.O meu ADN Visual :)

Read my VisualDNA     Get your own VisualDNA™

.Passaram por esta Lua...

xanga tracker
Digital Blue Cameras

.luares recentes

. A Dôr de Sentir e Saber

. o fim

. Cegueira

. inércia

. Inconsistência

. Já não tenho palavras

. A Paz que não existe

. ai... suspiro...

. HOMEM

. Coração fora

.Luas passadas

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Setembro 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Fevereiro 2011

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Agosto 2006

. Maio 2006

.Janeiro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.blá blá blá?

.favorito

. Covardia

. "Amigo"

. Compadre Inventor

. Tu ... um encontro ...

. o maior tesouro do mundo

. Não sei o quê ...

.pesquisar nesta Lua

 

.subscrever feeds