Domingo, 25 de Janeiro de 2009

Ela.

 

 

... Sozinha. Não físicamente, mas... sinto a minha Alma tão longe, tão sozinha...

Como sempre.

... mas sempre ouvi dizer que mais vale só do que mal acompanhada...

... e... cansada de cinismo, falsidade, desilusões, tive de me afastar. Cansada de tanto doer, carne da minha carne a magoar-me de forma incosciente  e irresponsável. Cansei. Sempre te foi fácil dizer q me amas, que sou a razão da tua Vida, mas a verdade é que esse amor, essa coisa toda q dizes sentir por mim, é apenas e somente isso mesmo: palavras. Com  o passar dos anos, olho-te a desaparecer através dessas nuvens que te acompanham há anos demais e que insistes em não soprar para longe de ti... olho-te a desaparecer nesse medo de envelheceres e deixares de ser atraente e de teres pessoas em redor de ti... e aos meus olhos sempre foste uma heroína, sempre foste linda, sempre foste a minha melhor amiga, tinha TANTO orgulho em ti. Tinha. Já não tenho. Já não te reconheço, e não reconheço nem uma migalhinha de ti em mim, sem sequer fisicamente. Não tenho nada em comum ctg... Às vezes olho para o meu umbigo e vejo que ao fim destes anos todos esta é a tua única marca de ti em mim, a prova que um dia já tivemos ligadas de forma honesta e desinteressada...

Vejo-te cada vez menos racional, cada vez menos responsável... O Sonho comanda a Vida, mas sem uma Vida real o Sonho nunca se torna realidade, e fica-se preso numa Ilusão em que se é Rei e senhor de todo o Nada que se constrói.

Cada passo que dou em direcção ao sucesso, cada vitória que consigo, nunca foi graças a ti, e infelismente sempre me pareceste ser a pessoa menos feliz por mim nessas situações... que tristeza... não consegues ver que, naquelas situações em que sonhamos "se eu fosse milionária" tu eras a tal pessoa a quem eu oferecia a tal casa no campo, cheia de espaço para as tuas coisinhas, e um bom jardim? E um jeep, dos grandes para trazeres tudo para casa... em vez de ficares feliz por mim, sempre pareceste meio... encolhida... será que não mereço o que tanto batalho para ter e construír?... se calhar aos teus olhos não...

Porquê essa frieza, essa quase... inveja?... palavra de honra, mil vezes me passa pela cabeça se não estarei a ser maníaca, a ver tudo detorpado, e ser meio maluca e fora da realidade e que tu Mãe, na realidade, continuas a ser a minha melhor amiga, a minha protectora ( que nunca foste... mt pelo contrário...)... será que sou eu? Internem-me.

... estarei louca e a ser injusta?... :'(

sinto-me: muito triste
aluado por Bianca às 23:25
link do post | vem até à minha Lua Azul | favorito
|
6 comentários:
De lovenox a 26 de Janeiro de 2009 às 18:06
Minha amiga estas palavras encaixam exactamente naquilo que penso ser agora o nosso mundo, vamos fazer de conta que não estás a falar da tua mãe, mas que estás a falr da tua melhor amiga, ás vezes acho que já não existe essa coisa de melhores amigos, ainda agora uma pessoa que se dizia minha amiga há 4 anos com quem partilhei tanta coisa veio com a conversa da treta e chego á conclusão que afinal nem nunca fomos amigos.... e também te dou razão quando dizes que as pessoas não ficam contentes com as nossas vitórias, aliás eu acho que as pessoas que se dizem nossas amigas aproveitam as nossas falhas para aproveitarem para se lamuriarem também, mas como neste caso a tua melhor amiga ou uma da tuas melhores amigas é a tua mãe dá o beneficio da dúvida
De Bianca a 29 de Janeiro de 2009 às 13:50
... pois é amigo, pois é... o benefício da dúvida é o que lhe dou há anos... estou cansada, não a quero ver nem falar com ela, nem estar com ela, nada. Acreditas que ela pura e simplesmente, dps de lhe mandar uma sms no dia dos meus anos a dizer-lhe isso (já dps de er estado com ela), ela nunca mais me disse nada?... pois bem, isso para mim é mais uma facada. Borrifei. E concordo ctg de uma forma geral acerca de hoje em dia nem sequer AMIGOS haver, daqueles que fazem uma festa qd és promovido, qd tens uma nova paixão ou qd compras um carro novo... sadness... lamento tb o que aconteceu ctg e o suposto amigo, mais um... um abraço, o grata por me compreenderes... :'/
De blogando-me1 a 30 de Janeiro de 2009 às 14:01
De Patrícia Almeida a 30 de Janeiro de 2009 às 16:41
Ao ler o teu post relembrei excertos da minha vida... excertos em que eu pensava que eu é que estava mal, que eu é que era a má, que eu é que estava doente... e de tanto pensar assim, fiquei mesmo doente... porque os pais estão lá para nos apoiar, para nos amar... mas nem sempre o mostram da melhor maneira.... fiz-me à vida... hoje, disso não me posso queixar! Porque à quase dois anos ganhei coragem e saí do ambiente que me estava a consumir... sinto falta às vezes... à noite... quando janto sozinha... mas na maioria do tempo estou bem e feliz porque não me sinto pressionada e desiludida com quem deveria dar-me apoio... dou-me melhor, aliás, bastante melhor com a minha mãe desde que saí de casa... às vezes parecemos melhores amigas... estranho hein?! Para mim é... e este foi um desabafo... porque nem sempre encontramos quem passe por uma situação similar... força nisso e pensamento positivo! Por mais que custe, não és tu que estás louca e injusta... tás apenas a contestar a realidade... mas a realidade dura não implica o não amar... ela ama-te... concerteza que sim... não demonstra é da melhor maneira...

Força!

Bjito*
De Bianca a 30 de Janeiro de 2009 às 20:40
Grata pelas tuas palavras :) não vivo com a minha mãe, nunca vivi, os meus pais separaram-se tinha eu 4 anos, e já há 10 anos q vivo sozinha, primeiro porque vim para a universidade, e dps porque por cá fiquei... por isso a relação com a minha mãe smepre foi a de melhores amigas, sei praticamente tudo da vida dela, ela nem tudo sabe da minha, lol, mas acho q é mesmo assim... continuo a amá-la, desde q me lembro de ser gente q a adoro, mas pua e simplesmente estou farta, cansada, acho q ela é uma falsa e não sabe ser Mãe, nunca me protegeu, nunca deixou de ter para me dar... sou eu mt mais protectora com ela, do ao contrário... o q me magoa mt. É como digo, acho q ela anda um bocado baralhada, e tá a ficar estúpida e egoísta... enfim. Grata por partilhares a tua história comigo, fico contente que da tua parte as coisas se tenham resolvido pelo melhor.
Um abraço bem apertado :**
De blogando-me1 a 13 de Fevereiro de 2009 às 21:35

Comentar Luar

.O meu ADN Visual :)

Read my VisualDNA     Get your own VisualDNA™

.Passaram por esta Lua...

xanga tracker
Digital Blue Cameras

.luares recentes

. A Dôr de Sentir e Saber

. o fim

. Cegueira

. inércia

. Inconsistência

. Já não tenho palavras

. A Paz que não existe

. ai... suspiro...

. HOMEM

. Coração fora

.Luas passadas

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Setembro 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Fevereiro 2011

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Agosto 2006

. Maio 2006

.Janeiro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.blá blá blá?

.favorito

. Covardia

. "Amigo"

. Compadre Inventor

. Tu ... um encontro ...

. o maior tesouro do mundo

. Não sei o quê ...

.pesquisar nesta Lua

 

.subscrever feeds