Sexta-feira, 16 de Março de 2007

Para Ti, M.*



... aconteça o que acontecer?... Sim, aconteça o que acontecer. És alguém muito precioso para mim, para me dar ao luxo de perder a nossa Amizade, sempre tão forte, tão verdadeira, tão especial, sempre tão presente durante os nossos 8 anos cheios de tanta cumplicidade e Amor...
Acho que me estás a preparar para algo que achas que não vou aceitar bem, para algo que me poderá, eventualmente, perturbar muito, mas lembra-te de uma coisa: para mim, só tu existes. Quem está ctg, quem deixa de estar, se te vais casar, ser pai ou viver junto, isso não me interessa, nem quero saber. Para mim, ela não existe a teu lado. Para mim, tu serás sempre só tu. É a minha forma de lidar com isto, e com o que eventualmente possa estar para vir a acontecer na tua vida. Não me peças para a reconhecer, não me peças para lhe falar, não me peças para vos ficar a ver juntos. Não o farei, e se insistires nisto, aí sim, é porque não me respeitas, é porque não entendes a minha forma de me proteger e de progredir na Vida, sem Ti. E então obrigas-me a afastar-me a deixar de te conhecer.

Ontem disseste-me que me lias, que ainda te lembravas desta morada. Fico feliz por teres coragem de me ler e de saberes o que se vai passando na minha Vida, finalmente livre de ti, finalmente livre da dôr mortífera que me perseguiu durante meses... só existe uma parte de mim que me liga a ti, o meu Coração, pois ainda moras lá, naquele lugar onde só tu conseguis-te entrar, mas o meu coração guardei-o longe de mim, da minha cabeça, pois consegui traçar novos objectivos para mim, dos quais, a teu pedido, já não fazes parte. Lembra-te, foste tu que me imposeste esta escolha. E sei que com o tempo vou conseguir amar este homem que está comigo, pois ele tem tudo para que eu o ame, é um homem excelente, e que tem tantas coisas que aprecio num companheiro. A única coisa que me impede de amá-lo é o amor que ainda sinto por ti. Mas já não me magoa, já não me trucida, como aconteceu durante tanto tempo.

Por isso M., não tenhas receio de que caia outra vez. Não vou caír, nunca mais, da forma como caí. Quase me matava por ti. Foi uma lição muito bem aprendida, cresci imenso como pessoa, estou mais forte do que nunca, e não me sujeito a NADA que me faça sentir minimamente miserável ou infeliz. Acabou. Consegui subir para um lugar onde pouca coisa me pode deitar a baixo, e a tua Vida, a forma como a vives e as escolhas que fazes para ti, já não me perturbam. Sei quem sou, sei que Mulher sou, sei que valho MUITO como pessoa, e não há NADA nem NINGUÉM que consiga voltar a pôr A Dúvida na minha cabeça da forma como tu conseguis-te. Já não. Consegui.

Por isso... conta comigo, seja para o que fôr, a que horas fôr, em que situação fôr, (como sempre) conto ser tua amiga até ao fim dos meus dias terrestres. O que nós tivemos é irrepetível... Até quem sabe, um dia, consiga reconhecer a companheira que escolheste para ti e conviver com ela. Mas adivinho que não será num futuro próximo. Por isso, poupa-me. Tu és tu, entre nós não existe uma terceira pessoa, como nunca houve.

Obrigada por me ligares, obrigada por mostrares que te preocupas comigo e me queres bem, nem imaginas o quão precioso isso é para mim. Obrigada :' )

Para ti, do fundo do meu coração, que é mais ou menos onde tu tb estás, desejo que sejas Feliz, equilibrado, desejo que sejas um grande homem, pois um grande coração já tu tens, não te esqueças disso. Eu não me esqueço.

Uma beijoca abraçada M.*
tags: , ,
aluado por Bianca às 13:07
link do post | vem até à minha Lua Azul | favorito
33 comentários:
De FELINO a 19 de Março de 2007 às 09:51
Olá
Obrigada fiquei corioso com o M*.
Será esse M* que mata o coração.
beijinhos
Ass: Mário Oliveira (Felino)
De Bianca a 19 de Março de 2007 às 10:10
Mário :)
Sim, M. foi (é?) o meu primeiro e grande Amor desta Vida. Eu, tb fui para ele O grande Amor. Marcámo-nos muito um ao outro. Foram 8 anos de uma Vida em que fomos TUDO um para o outro... foi ele que quase me matou, depois de me ter dado tanta, tanta Vida. E tb fui eu que o pôs de rastos, à beirinha do precipício, qd acabei com o nosso namoro em Julho passado. Karma, sabes o que é?... pois é, colhemos aquilo que cultivamos. Mas já passou.
Beijocas grandes :**
De my_feelings a 19 de Março de 2007 às 18:01
Ola Bianca,
Queria-te agradecer a invasao ao meu cantinho e como tal vim fazer o mesmo ao teu.
Se tu gostas-te do meu, que hei-de eu dizer do teu. Divino, tives-te uma experiencia mt dolorosa. Mas por vezes o amor é mesmo assim. Agora só tens que ser forte e erguer a cabeça. Avida continua e com garra iras conseguir vencer tudo.
Voltarei mais vezes.
Beijinhos
De Bianca a 21 de Março de 2007 às 09:27
My Feelings :)
Grata pela tua visita, és bem vinda as vezes que quiseres, é muito bom ter-te por aqui :)
Sim, vivi um inferno do mais doloroso que me lembro, e com mta luta, a muito custo, lá consegui saír... em mt, tb graças ao meus queridos amigos virtuais, que sempre me visitaram, e com as suas palavras de apoio e incentivo me foram dando alguma luz para iluminar o meu caminho...
Um beijinho muito grande, e tudo de bom para ti :**
De mim a 19 de Março de 2007 às 19:08
bem muito lindo o k escreveste

veio do fundo da alma

beijinho
De Bianca a 21 de Março de 2007 às 09:30
Mim...
Grata pelas tuas palavras... as minhas escorrem-me da Alma para o teclado de uma forma quase inata, felizmente consigo exteriorizar bem o que sinto, e é-me precioso contar com o vosso apoio, que me lêem, que me oferecem palavras de carinho, amizade e força...
Um beijinho muito grande, com Amizade :**
Tem um bom dia :)
De sonhos de algodão a 20 de Março de 2007 às 12:51
Bianca, fico feliz de saber que estás a superar tudo muito bem. É tão bom ver-te assim, cabeça erguida e pronta para ultrapassar o próximo obstáculo, para abraçar a próxima benesse.
Fica muito bem e força
De Bianca a 21 de Março de 2007 às 09:39
Minha querida Algodão Doce :) como é bom ter-te por aqui :D e saber que ficas feliz por mim :) eu estou bem, mas aqui dentro passa-se algo que me amargura, ainda não descortinei mt bem o que será, vou tentar fazer um post para exteriorizar este turbilhão de emoções que tenho aqui dentro, mas não sei se vou conseguir... qd menos espero sinto-me extremamente frágil, triste e sozinha... e não tenho motivos para isso... não sei o que se passa... tb tenho pensado mt no meu ex... feita estúpida tenho andado, aqui dentro, a fazer comparações com o meu querido, e acabo sempre a chorar e a perguntar-me : mas porque é que eu fui tão má?...
Acho que, de alguma forma, ainda acho que o meu ex é melhor em alguns aspectos do que este homem excelente que tenho a meu lado... mas deve ser por ainda morar no meu coração... sinto-me... não é confusa, porque eu quero amar este homem, mas insegura em relação a ele, e estranha em relação a algumas coisas que fazem parte de uma relação e que sinto que o meu M. correspondia melhor...
enfim, vou tentar exorcizar isto...
Um beijinho muito grande, minha querida Amiga... Olha, tb és amiga da Luminosidade? Nós somos mt amigas, e há IMENSO tempo que ela não escreve nada no blog dela, nem responde aos comentários... e estou deveras preocupada com aquela nina...
beijocas grandes :**
De aprenderaviver a 9 de Abril de 2007 às 16:49
Bianca:
Há muito tempo que não vinha aqui. Falta de tempo. Lembro-me que encontramos outra pessoa ao mesmo tempo. Que tivemos esperanças ao mesmo tempo. Vejo tambem que estás feliz e pronta a esquecer o passado. Que bom... Fico muito feliz por ti. A minha história não teve um final feliz, mas a vida tb continua.
Um grande beijinho e força, ok?
De Bianca a 9 de Abril de 2007 às 16:55
Amiga, já há muito que não pões nenhum post novo... o que se passa, não sentes vontade de partilhar um bocadinho o que se passa contigo? Talvez fosse menos pesado o teu fardo... eu empresto-te as minhas costas :)
Sim, sinto que encontrei o homem da minha Vida, quero que seja ele o pai dos meus filhos, e tenho muitas esperanças... etb algum medo, que não dê certo... dps do tombo que dei, ficaram cicatrizes de insegurança que demoram algum tempo a sarar... mas luto por isso... fico sentida que não tenha dado certo para ti... há sempre uma razão para as coisas acontecerem... dá tempo ao tempo, e partilha connosco o que se passa, Amiga...
Um beijinho muito grande cheio de Amizade, e saudades... :**
De aprenderaviver a 14 de Abril de 2007 às 13:40
Amiga:
Não tenho tido grande vontade de escrever.
Meti-me numa linda história que tinha tudo para dar certo, eskeci os meus medos, e dei-me. EStavamos bem, eramos felizes. Não compreendo. Ele preferiu manter-se disponivel para o passado. Passou a ficar indisponivel para mim. Tenho sofrido, por não perceber nem compreender o que se passa.
Por isso me faz tão bem vir aki ler as tuas palavras lindas. Dá-me um novo alento para o futuro. :) Espero 1 dia também eu encontrar o que vai ser pai dos meus filhos.
Sê feliz, minha linda.
Mil beijos.
De Bianca a 16 de Abril de 2007 às 10:06
... compreender o incompreensível... como te percebo querida Amiga... durante meses lutei para compreender a atitude de uma pessoa que me jurou, durante ANOS amor eterno. Sei que nunca sentira por ninguém o que sentiu por mim, mas finalmente aceitei a sua escolha, porque vendo bem as coisas, fui eu que o empurrei para lá, entre nós as coisas já não estávam a dar certo há muito tempo, e eu dei o ponto final. O choque foi qd fui confrontada pelo seu desprendimento, pela sua escolha. Finalmente compreendi, ele tem o direito de viver a vida dele da forma que quizer, e isso não me põe em causa enquanto mulher, não põe em causa o meu valor, o meu caracter. Custou, mas cheguei lá. Senti-me traída, abandonada, enganada. Mas passou. Tb provoquei isso. Por isso minha querida, o que agora te parece incompreensível, mudará com o tempo e com a tua evolução de pensamento. Cresce, nunca pares de querer crescer, e NUNCA ponhas em causa o teu valor enquanto mulher e enquanto ser humano. O que viveste com ele valeu a pena, muito, pelo que durou, pelo que partilharam. Se de alguma forma ele decidiu que a vida dele era voltar para o passado, é ele que está a regredir, e não te podes deixar arrastar por isso. FORÇA amiga. Tu és muito melhor do que ele, eu sei disso. Tu também sabes disso. Tens coragem de fazer escolhas, tives coragem de te voltares a entregar, de voltares a apostar numa relação, num amor. És uma grande mulher, não esqueças isso. Ele errou, não te afundes com o erro dele, a tua vida é em frente, sempre para a frente, mais depressa, ou um pouco mais devagar, não percas nunca de vista os teus objectivos, e o teu valor. Um beijinho ENORME do fundo do meu coração, e não desapareças, sim?
:***

Comentar Luar

.O meu ADN Visual :)

Read my VisualDNA     Get your own VisualDNA™

.Passaram por esta Lua...

xanga tracker
Digital Blue Cameras

.luares recentes

. A Dôr de Sentir e Saber

. o fim

. Cegueira

. inércia

. Inconsistência

. Já não tenho palavras

. A Paz que não existe

. ai... suspiro...

. HOMEM

. Coração fora

.Luas passadas

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Setembro 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Fevereiro 2011

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Agosto 2006

. Maio 2006

.Janeiro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.blá blá blá?

.favorito

. Covardia

. "Amigo"

. Compadre Inventor

. Tu ... um encontro ...

. o maior tesouro do mundo

. Não sei o quê ...

.pesquisar nesta Lua

 

.subscrever feeds