Sexta-feira, 26 de Outubro de 2007

... o regresso...

 

0000e4w6

 

... pudessem voçes olhar-me nos olhos, e veriam que não tenho Alma... não sei dela, perdi-a, e não a consigo encontrar. Dói.

Fui. Fui para a Serra, fui para o Mar, fui até Espanha, dormi dentro do carro, dançei ao Luar, chorei... ri... ouvi o meu slb a ganhar (lol... pois...)...

Foi lindo. Consegui ter o Sol a por-se no meu lado direito, e a Lua, toda-poderosa, a subir no meu lado esquerdo, ao mesmo tempo... tive direito a um arco-íris dos mais lindos que vi em toda a minha Vida, enorme, brilhante, tão próximo de mim q quase descobri o pote de ouro... até estrela cadente passou na minha frente, grande, linda... gotas de chuva que me molharam o rosto e as mãos, que passei no meu peito e nas minhas costas... purifica... a Natureza foi muito generosa para mim, adorei... nas entranhas da serra lá encontrei uma octagenária de ouro, mas muito surda, que até perceber o que eu lhe perguntava, já aos gritos (peço desculpa, ela não ouvia mesmo...), me respondia: "O lixo... o lixo tem já ali um à frente, grande...", e eu pensava... "Esta senhora sabe mais do que eu, pois é lá é que deveria jogar tudo o que me magoa...", agradeci-lhe ao mesmo tempo que lhe apertei com carinho a mão que repousava na janela do meu carro... "Saúde!"... e continuei...

Senti-me muito sozinha... sozinha não por não ter ninguém ao meu lado, mas no Mundo... Senti-me bem comigo mesma por estar a fazer aquela "jornada"... Senti-me mais próxima da Natureza, do que é simples e precioso... senti-me estranha em alguns sítios, e protegida noutros - nestes, aproveitava ao máximo para descontraír, escrever, pensar...

Senti falta da minha casa, da minha gata, da minha cadela... regressei. Mas... sei que vou "levar na cabeça"... foi bom, sim, muito bom... mas não atingi o meu objectivo. Ou melhor, sei exactamente como tenho de agir, o que tenho de fazer, o que é mais correcto e menos prejudicial para mim, para a minha Vida, para a minha Felicidade (?), mas... descobri que... não sei o que quero... :'( não sei... na eterna dualidade entre a minha razão e o meu coração, nenhum ficou a ganhar... as boas recordações persseguem-me e baralham-me... fazem-me rir, para depois chorar com uma dôr brutal a lacinar-me o coração... não sei o que quero. Gosto dele. Mas também não gosto nada dele. Imagino-me a seu lado para sempre... Mas também não me estou nada a vêr a dividir a minha Vida e a ser Feliz com uma pessoa como ele...

Bonito... não sei! Bolas, admito! Estou numa embrulhada q não consigo resolver. Eu sei... eu sei Felino, Espanto, e mais uns quantos que me vão dar na cabeça, eu sei! Tenho de ser FRIA!!! e ANALÍTICA!!! Vêr os factos e não agarrar as recordações do Passado como se fossem a minha realidade presente. Não são. De todo. São só isso mesmo... recordações... de uma pessoa que há mt tempo não aparece nele, e que eu fico na eterna esperança que ele apareça de novo. Mas não, a realidade é outra. Ele é outro. Até com a Mãe, que ele admite q adora, ele tem atitudes brutas e estúpidas, muito intolerante para com as pessoas que ele sabe que o amam... e eu pergunto: "Vidaaa!!!! Mas porquê é que mo apresentáste de uma forma tão diferente? De uma forma que me fez admirá-lo, que me fêz querê-lo como ele me quiz a mim, de uma forma que, afinal, não é a dele, a definitiva? PORQUÊ Vida? Depois de tudo o que passei, apresentás-te-mo como uma recompensa que afinal não era... está a ser, isso sim, a continuação do castigo q preparáste para mim por ter sido injusta e cruel com uma pessoa que NUNCA o mereceu. Pensei já ter limpado o meu karma... ele já me perdoou, o meu Bom Gigante... PORQUÊ? ;'( " É nestas alturas que a minha Mãe me diz: "... para amadureceres, para cresceres, para aprenderes a ver "os sinais" e não voltares a caír... para te curares e mais tarde olhares as cicatrizes desta ferida que agora te dói tanto, e sentires um orgulho enorme em a teres curado!", pois é Mãe... pois é... eu sei... tudo na Vida passa, até a própria Vida passa, qto mais estes reveses que Ela nos apresenta... eu sei... mas como diz uma música da Vanessa da Mata, (sim, fiquei fã...), "... meu coração muito tonto, quer chegar sem mim..." .

Nas minhas "escrituras" enquanto tive no Retiro, obriguei-me a dissertar sobre 3 grandes temas, em que um deles é: "Eu não amo o XX, nem preciso dele na minha Vida!"... e o que consegui foi isto: "... porque... ok... vou tentar começar pelo "... nem preciso dele na minha Vida", deve ser mais fácil...

Não preciso dele na minha Vida porque... já vivi 29 anos sem ele. E não me fez falta nenhuma, tanto que fui feliz, viajei, fiz amigos, licenciei-me, fiz rádio, trabalhei, fiz desporto, curti muito, ri e chorei! E não o tinha na minha Vida! Certo?... Acho que maior argumento do que este não há.", e pronto, sobre o "Não amo o XX", não fui capaz de escrever nada. Mas vou ser capaz, até porque tb tenho uns quantos argumentos para não o amar. Tenho é de saber que é isso que quero. Não o amar, não o querer comigo, não querer partilhár-me com ele, não o querer meu ( que é tudo o que o meu coração tonto quer agora, já desde que ele conseguiu entrar aqui dentro...).

Bem, testamento... obrigada por me lerem... grata :) hoje vou fazer uma coisa diferente... vou saír pa beber um copo com umas amigas... enfim... não tenho espírito para isso, mas eu disse-lhes: mesmo que eu diga que não me apetece, OBRIGUEM-ME a ir!!!! Se ao menos fosse com ele... CALA-TE CORAÇÃO burrinho... ;'(

 

 

É por isso que começei este post com aquela frase. Não sei. Quero largar o que me faz mal, mas não sei se o quero largar mesmo...

 

 

 

 

tags: , , ,
aluado por Bianca às 17:08
link do post | vem até à minha Lua Azul | favorito
8 comentários:
De FELINO a 28 de Outubro de 2007 às 14:54
São estes pequenos momentos que a natureza nos transmitem PAZ. Se tiveste o caixote do Lixo à tua frete porquê não deitas-te fora o que te magua , talvez a tua alma ficasse mais límpida , custa deitar fora as recordações boas e as más o que fazem aí. Tu sabes o que queres não queres é admitir a perda é natural mas nunca andar para trás, custa-nos sermos frios mas por vezes para nos protegermos temos mesmo que o ser. Tens que pensar em ti e não seres mal tratada, os Luxos e os bens materiais não te vão amar entende isso é tudo uma ilusão .

É nestas alturas que a minha Mãe me diz: "... para amadureceres, para cresceres, para aprenderes a ver "os sinais" e não voltares a cair ... para te curares e mais tarde olhares as cicatrizes desta ferida que agora te dói tanto, e sentires um orgulho enorme em a teres curado!"

Magnifico põe bem os olhos nesta frase da tua mãe, ela tem razão, por favor não caias na segunda e não te rebaiches isso nunca lembra-te que és tu a vítima e não ele, ele é uma besta e desculpa falar assim, mas só penso o que ele te fez foi de uma pessoa sem a mínima dignidade perante ti e isso é imperdoável.
Não te quero dar na cabeça, só te quero alertar para as coisas e sei que as entendes-te, também sei que custa esquecer mas se houve 29 anos da tua vida sem ele para que o queres para seres mal tratada?
Pensa bem e nem penses em voltar a falar-me desse Sr. Vive a vida sai com os teus amigos e amigas dever-te e se algum dia alguém te amar verdadeiramente mas verdadeiramente amo e não tenhas medo porque as pessoas não são iguais e tens uma vida pela frente, levanta a cabeça e força o caminho é em frente. Não estás baralhada não queres é admitir a perda, mas o tempo vai-te fazer ver isso.
Beijinhos deste teu amigo que estará sempre aqui para te ouvir, mesmo as lamentações de ainda o amares é natural, nunca esquecemos só com o tempo.
De Bianca a 26 de Novembro de 2007 às 21:51
... como tinhas razão amigo :)
De blogando-me1 a 31 de Outubro de 2007 às 15:14
Amiga, é certo que estou a passar um mau bocado. Perdi recentemente uma pessoa da familia, a minha vida já estava virada do avesso, então fui mesmo lá ao fundo. Por isso decidi fazer este retiro para me recompor. Tenho vindo cá as vezes para vos ler, mas não vos abandonei, só decidi parar um pouco. Quando me sentir com forças para regressar vou faze-lo. Eu sei que todos os meus amigos estao aqui e sei que me tem dado força. Por isso amiga, aqui vai um bocadinho da minha força para ti.
Bjs fofos
De Annallegra a 4 de Novembro de 2007 às 14:40
PRÉMIOS PARA O TEU BLOG...
LÁ NO BLOG "INSTINTOS I"


SE NÃO QUISER COLOCAR NO BLOG OS PRÉMIOS... GUARDA-OS EM TEU CORAÇÃO...

BIANCA; ESPERO QUE VOLTE. MESMO TÃO LONGE E CADA VEZ MAIS LONGE... EU CONTINUO TE AMANDO
BEIJOCAS.

ANNA.
De lovenox a 5 de Novembro de 2007 às 17:02
ÓLA BIANCA:
Deixa-me dizer-te que gostei, gostei mesmo muito do teu texto, das descrições, do despertar dos sentidos para a natureza e do prazer que tiraste da tua viagem.
Gostei de sentir no teu texto, e penso, que este teu recolhimento te devia levar para algo que já te digo á muito tempo, olhar á tua volta, olhar o teu mundo, esse mundo que é muito maior do que aquele que tu criaste sempre focado na mesma pessoa, há gente, há pessoas, há sempre alguem para conhecer, talvez melhor, talvez pior do que aquele que te prende os sentidos, mas o importante é que há pessoas novas pra conhecer, pessoas de quem possas gostar e que possam gostar de ti, desprende-te desse massacre que é pensar sempre na mesma pessoa no que teria sido, no que não foi mas podia ser, do que foi mas não devia ser.
Está na hora de viver.
De sonhos de algodao a 15 de Novembro de 2007 às 09:24
Olá Bianca passei para dar um beijo e dizer que já podes conhecer a familia toda no meu blog estão lá as nossas fotos
De isa a 16 de Novembro de 2007 às 11:40
Olá Bianca passei para te desejar um bom fim de semana. Beijocas
De *Catarina* a 23 de Novembro de 2007 às 11:52
Ola !! Não temos tido noticias tuas.... Faz daqui a uns dias um mesito... Espero que estejas bem :) e espero que dês noticias o mais breve possivel :)

Bom fim de semana ...

Beijokas grandes

Comentar Luar

.luares recentes

. A Dôr de Sentir e Saber

. o fim

. Cegueira

. inércia

. Inconsistência

. Já não tenho palavras

. A Paz que não existe

. ai... suspiro...

. HOMEM

. Coração fora

.Luas passadas

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Setembro 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Fevereiro 2011

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Agosto 2006

. Maio 2006

.Janeiro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.blá blá blá?

.favorito

. Covardia

. "Amigo"

. Compadre Inventor

. Tu ... um encontro ...

. o maior tesouro do mundo

. Não sei o quê ...

.pesquisar nesta Lua

 

.subscrever feeds