Sábado, 3 de Outubro de 2009

Agressão

... fui vítima de agressão por parte do meu (ex) namorado. Ha seis meses que namoravámos. Ele dizia dezenas de vezes por dia que me amava. Mais do que tudo, mtmtmtmt.

Desde o primeiro mês de namoro que insistia para eu ir viver com ele...o que eu sempre estranhei, pois mal nos conhecíamos, e para mim viver junto é um passo mt importante e q não faria como acto de irresponsabilidade do tipo, ah ta bem!

Enche-se de esteróides injectáveis, fuma ganzas como quem fuma cigarros, inclusivé no trabalho, e está afundado em dívidas. A pressão que fazia para ir viver c ele era pesadíssima. Cega pelo sentimento que tinha por ele sempre o apoiei, sempre lhe desculpei a falta de conversa, a apatia, a falta de rumo na vida, e duas vezes que me deu um encontrão durante uma discussão... sempre o tratei bem, nunca lhe dei motivos para desconfiar de mim fosse no que fosse... ele por seu lado era um ciúmento doentio, controlador e possessivo... e apanhei-o numa mentira, que a meu ver, por ser uma coisa tão estúpida, se tornou grave. Algumas vezes amuámos um com o outro por ou ele ou eu dormirmos de costas voltadas um para o outro... e ontem de manhã foi um desses dias... dormimos de costas voltadas... ele acordou mal disposto, a dizer q não estáva para isto, levantou-se,e vestiu-se para se ir embora, amuado e meio zangado.. Na minha patetice, agarrei no tlm dele e escondi debaixo da minha almofada para qd ele viesse à procura eu agarra-lo e dar-lhe um beijo e tentar assim fazer as pazes. Mas n foi isso q aconteceu. Qd ele n viu o tlm ficou irado, a berrar "onde é que ta o meu tlm?????? Andavas a cuscar era???? da-me a merda do tlm!!!!", eu ainda lhe disse "calma, senta-te la aqui..."... mas ele não se sentou... começou a arrancar as roupas da cama, a jogar tudo pelo ar, e berrar q queria o tlm, e eu quieta... ele agarrou no meu tlm e deu um toque para o dele, foi qd descobriu q eu o tinha debaixo da almofada... jogou-se para cima de mim, agarrou-me nos braços e começou a agredir-me, agarrou no tlm dele e saiu do quarto. Fui atras dele, pois queria falar com ele, queria q ele me explicasse o que se passava para ter feito aquilo, que não percebia... ele disse q não havia nd a falar, e a jogar-me contra a parede para eu saír da frente dele... agarrou-me pelo braços e jogou-me ao chão... eu levantei-me a dizer-lhe"Mas o que é que tens??? sou eu!!! porque é que estás a fazer-me isto??? Não me batas!!!!", ele tinha os olhos cegos, até tinha olheiras, estáva cheio de raiva, e só me jogagava contra a parede e ao chão... ao tentar fechar-me na sala, para se ir embora sem eu ir atras dele, e eu a lutar para não entrar, jogou-me contra a ombreira da porta, rebentou-me o lábio... e eu sempre a pedir "para com isso, namoramos há 6 meses, dizes q me amas, o que estás a fazer???? Estas a magoar-me!!!!", ele parou e foi para a porta, abriu a porta e não resisti a gritar-lhe "rua daqui seu monte de merda!!!"... e fechei a porta... fiquei em choque com aquela violência toda... olhei-me ao espelho e tinha sangue a escorrer-me da boca... mandei-lhe uma msg a dizer q ele n valia nada, q me tinha agredido, e que ia fazer queixa dele à policia... A resposta dele? "És maluca, não te bati, não bato em mulheres!"... chocou-me tanto a sua falta de consciência pelo que tinha acabado de fazer q fui directa apresentar queixa dele na esquadra. Fui fotografa, ao lábio e tb aos braços cheios de contusões, deposi fui ao hospital para fazer o relatório médico e seguiu tudo para o ministério público... qd estáva à espera de ser atendida, não conseguia parar de chorar... houve uma enfermeira q foi ter comigo e tentou consolar-me.. e disse para eu ficar descansada q tudo se resolvia, e agora, mesmo q eu me arrependesse e quizesse retirar a queixa, já não estáva nas minhas mãos... na esquadra o agente que me atendeu, um senhor dos seus 40 e mts, disse-me que ele já tinha lá uma queixa, mas n me disse de quê.

Ainda hj estou algo incrédula com o que aconteceu na manhã de ontem... como é que eu não vi que ele me podia agredir daquela forma? Eu devia ter visto, devia ter pressentido... hoje, além das nodoas negras, o inchacho do lábio ja passou, felismente, mas estou toda dorida, na barriga, nas costas, no peito, nos ombros, até nas mãos, de me tentar agarrar à coisas enquanto ele me atirava de um lado para o outro... Não sei o que sentir... choca-me muito a falta de consciência dele... continua a afirmar que não me agrediu... é normal?... será que sou eu q sou maluca e isto é normal no comportamento de um homem que diz que me ama?... sinto-me a escorregar de novo para o inferno... e não posso. Sei que a justiça se encarregará dele... sei que lhe vai complicar mt a vida, talves até perca a licença de segurança... mas... acho que fiz o que tinha a fazer... ele virou monstro, e não tem consciência da gravidade do que fez!.... a mim... que o adorava e tratava bem, tinha montes de paciência para os ciúmes dele... e estava disposta a continuar a ajuda-lo no que podesse... onde é que errei para merecer isto? onde... o que é que eu fiz de mal?... socorro... nem sei o que sinto... sinto-me a morrer por dentro...

aluado por Bianca às 23:21
link do post | vem até à minha Lua Azul | favorito
17 comentários:
De blogando-me1 a 4 de Outubro de 2009 às 10:05
Bem, estou de boca aberta com o que acabei de ler. Ainda existem homens assim???? Pelo menos fico feliz que no meio da raiva, tenhas decidido ir fazer queixa dele e que como te disse a enfermeira não há volta átras. Reage, levanta a cabeça e segue em frente. As marcas que tens por fora, vão manter-se uns dias, mas as que tens por dentro duram anos, por isso amiga, é tempo de dares o rumo certo á tua vida. Seres feliz e acordares todos os dias. Isso é o mais importante.
Já sabes se precisares onde me encontrar.

Bjs fofos
De Bianca a 4 de Outubro de 2009 às 23:22
;'( muito grata pela força... é mt importante para mim sentir-vos por perto. Grata Amiga :**
De Dreamer a 4 de Outubro de 2009 às 13:59
Fizeste muito bem em apresentar queixa, muitas mulheres não têm a coragem que tu tiveste para o fazer!
Nunca esperamos que aqueles que dizem que nos amam, de um dia para o outro nos agridam.
Deve ser muito complicado o que estás a passar neste momento, mas custe o que custar tens de ser forte e pensar que ele realmente não vale nada e muito menos te merece.
Desejo-te muita força!
De Bianca a 4 de Outubro de 2009 às 23:24
... sinto-me tão triste... sinto-me tão mal... só penso em desaparecer... em fugir para longe desta humilhação e desta DOR... Grata pela tua Força... Um abraço*
De O Gato a 5 de Outubro de 2009 às 11:31
Olá Bianca
Nem tenho palavras, simplesmente afasta-te desse crápula, não te merece. Acabas-te de ir ao fundo, sobrevives-te e agora metes-te noutra. Há tanto homem decente , por amor de deus acorda rapariga.
Não vou te dizer mais nada não te quero magoar mais do que já estás, afasta-te dele em quanto é tempo é para isso que queres amar? Para levares tareia?
Bj
De Bianca a 5 de Outubro de 2009 às 16:01
Mano... eu não o amo, e ele para mim morreu. Isso não te preocupes, porque para mim a pessoa com a qual eu tentei ser feliz e fazer feliz, está MORTA. Dizes que há tanto homem decente?... onde? pois não encontro nenhum... pelo menos livre... parece q só sobraram monstros que se mascaram de bons para enganar e qd se fartam passam-se da boneca... amor?... o que é isso?...
De O Gato a 5 de Outubro de 2009 às 18:28
Se não o amavas então não percebi o que procuravas?
Oh Bianca porquê? Deixa a vida percorrer o seu caminho não procures quando menos esperar ele vem ter contigo, és nova pensa no teu futuro, principalmente em ti. Ganzas , dividas, maus tratos acho que não é o melhor caminho.
Fiquei preocupado, não te quero ver assim. Tem calma faz a tua vida e pensa em ti, para e pensa.

Um beijinho grande
De Bianca a 5 de Outubro de 2009 às 22:32
... as ganzas, as dívidas, fazem parte dele, não de mim. Eu não sou disso. E os maus tratos forma uma desagradável surpresa... achas que pedi o que tive? só tentava ser feliz... e sim, já uma amiga me disse: estávas a tentar contentar-ye com pouco e sabias disso"... pois estáva... é verdade... dele nada de bom a minha Vida ganhou. Mt pelo contrário... e sim, dá-me na cabeça, por um lado eu mereço mesmo...
De O Gato a 6 de Outubro de 2009 às 20:58
Não te quero dar na cabeça quem sou eu para punir quem quer que seja. Só te quero fazer ver as coisas e tentar que penses. Nada de precipitações.
Bianca já tinha-mos falado sobre este assunto à dois anos e voltou a acontecer.
Fiquei triste só isso acho que deves pensar mais em ti e não nos outros.

Bj
De Sadnessgirl a 5 de Outubro de 2009 às 22:45
Penso que acima de tudo, e o mais importante neste momento es TU! também já bati no fundo várias vzs, muitas delas injustamente... mas ca estou, por mais fraca que penso ser... ganho sempre uma nova força. estas coisas que acontecem por vezes servem para testar a nossa capacidade de coragem! tenta contornar as situações, ocupa a tua mente, mantem-te viva! Pensar positivo ajuda, traçar objectivos ainda melhor... Aprendi que nada na vida é fácil, mas sei que nada é impossivel... Rodeia-te de coisas boas... Não procures ninguem, tudo a seu tempo! Falo por experiencia própria. Acredita... pode estar mesmo ao teu lado...

Temos que gostar e acreditar em nós, apenas em NÓS

Força nisso...
De Bianca a 5 de Outubro de 2009 às 23:07
Fico feliz por te ver por perto e com tanta força que até a partilhas comigo... tens razão numa coisa... devo ficar sozinha, não é? só penso em arranjar outra pessoa q me possa amar e compensar o que ele fez... mas tenho de ter calma né?... mas percebes o q sinto... :(
De Sadnessgirl a 5 de Outubro de 2009 às 23:31
Na minha opinião não deves procurar ninguém, aliás, mantem-te afastada!sei que é dificil, por vzs a solidão fala mais alto e só queremos ter alguém por perto... mas está errado, pensa apenas em ti, faz aquilo que mais gostas, compra algo que te anime... Atenção, não te feches no teu mundo,vai com calma, rodeiate de amigos... dá valor apenas a quem te merece.

Essa ferida ainda é muito recente, vai doer durante algum tempo, mas acredita que vai passar... a minha dor está a passar(uma relação de anos que não deu certo...) e quero muito ser FELIZ :)

simle...
De Bianca a 5 de Outubro de 2009 às 23:40
:) obrigada por existires :)
tb já passei pelo fim de uma relação de 8 anos... nos primórdios deste blog relato a situação toda, o desespero, q quase me tirou a Vida... compreendo-te... e tens razão... não me posso isilar... se bem q às vezes só tenho vontade de fugir para longe, nem sei para onde, pegar no carro e nunca mais parar... mas o que me magoa está dentro de mim, e é aqui dentro q sei que tenho de encontrar a solução... vou conseguir... a seu tempo... hoje fui até à praia... andar... pensar... escrever... e fez-me bem, vim menos triste... chorei qd entrei em casa... mas depois passou, agarrei-me ao pc e tenho estado aqui ha horas a tentar adormecer o pensamento para q tb eu possa adormecer... amanha de manhã vou à APAV...
Grata pelo apoio, mais uma vez, nao me canso de dizer... GRATA
Abraço bem apertado com Amizade *
De variando a 6 de Outubro de 2009 às 16:06
Bianca...fiquei tão triste por ler isto.
Lamentavelmente a maioria das relações nunca chegam a lado nenhum, é pena mas as pessoas têm muita dificuldade em, sobretudo, se respeitar.
O amor não é um desígnio de deus, é uma busca dos seres humanos e, assim sendo, quando nos envolvemos não podemos ter certezas que vai resultar, mas uma coisa podemos pedir...respeito. Mas, para o podermos pedir, temos primeiro de tudo, de nos respeitarmos.
Assim sendo, quero agradecer-te pela força que impulsionou a tua denuncia .
Não tenhas medo do amor, mas não te deixes abusar, nunca
Não é um conselho, é um pedido.
O mundo só poderá melhorar se cada ser humano se portar como tal...e não como um animal.
O papel de todas as vitimas passa por colocarem os trastes nas mãos da justiça, porque, felizmente a cabeça ainda tem mais força do que os músculos.... Beijinho e força bianquinha .
De Anónimo a 13 de Outubro de 2009 às 16:47
Amiga, não me posso alongar por motivos que depois te explico. Adiconei-te no msn mas não deu, deu erro. Sou a tua amiga, que esteve na tua casa e comemos papinhas de aveia ao pequeno almoço, estás a ver?
A minha vida está como a tua...
Gostava mto de reaver o teu contacto.
O teu msn é o mesmo?
Beijinho e força, amiga.
De olha_por_mim a 22 de Outubro de 2009 às 15:00
Olá amiga...já algum tempo que ñ te visitava...e deparo-me logo com estes posts tão tristes...
Nos meus 17 anos...já namorava com um rapaz há 2 anos...tb ele muito ciumento...mas eu amava-o...um dia estavamos em minha casa ver um filme...os meus pais tb estavam presentes...e eu virei-me para o meu ex e pedi-lhe para se chegar para trás pois ñ conseguia ver a televisão...vê lá tu que ele pensou q eu queria ver melhor o actor do filme...teve ciumes disso...e bateu-me ali mesmo...em frente as meus pais...felizmente foi coisa pequena porque os meus pais estavam presentes...e como deves imaginar o meu pai defendeu-me com unhas e dentes...e expulsou-o...comecei a ter medo dele...era nova...meti na cabeça que se acabasse com ele ele matava-me...sei lá...andei 2 meses sem conseguir terminar o nosso namoro...mas tb ñ o via...os meus pais proibiram-me de o ver...até q ganhei coragem e terminei...foi a melhor coisa q fiz...o amor passou a ódio...e hoje só de me lembrar...dá-me uma raiva...
Sei que o que passaste foi bem pior...e admiro a tua coragem de teres ido apresentar queixa dele...foi sem dúvida o melhor que fizeste...mas agora tens de ser forte...vais conseguir ultrapassar isto...eu sei que és capaz...aos poucos vais-te esquecer o q te aconteceu...e ainda vais ser muito...muito feliz...
Muita força amiga...estes homens são doentes...ñ merecem a nossa consideração para nada...ñ merecem q sofremos por eles...
Beijoca muito grande e um abraço para te transmitir o meu carinho
De Bianca a 22 de Outubro de 2009 às 19:29
... ai amiga :'( doentes... sim... uns canalhas... sem sentimentos nem coração... nem princípios... mas eu é q sofro... eu é q fui agredida... eu é q não durmo... eu é q me sinto infeliz.... akele atrasado mental faz a vida dele como se nem me conhecesse... e aqui dentro dói-me essa indiferença... estou tão cansada... só eu é q sei... ninguém sonha...
grata por partilhares a tua história cmg... grata pelas palvars q apoio e Carinho... muito grata minha querida Amiga....

Comentar Luar

.luares recentes

. A Dôr de Sentir e Saber

. o fim

. Cegueira

. inércia

. Inconsistência

. Já não tenho palavras

. A Paz que não existe

. ai... suspiro...

. HOMEM

. Coração fora

.Luas passadas

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Setembro 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Fevereiro 2011

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Agosto 2006

. Maio 2006

.Janeiro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.blá blá blá?

.favorito

. Covardia

. "Amigo"

. Compadre Inventor

. Tu ... um encontro ...

. o maior tesouro do mundo

. Não sei o quê ...

.pesquisar nesta Lua

 

.subscrever feeds