Segunda-feira, 13 de Novembro de 2006

O Abismo que me rodeia...

Não!

Porque não acreditas que te Amo? Porque te obrigas a acreditar que não podemos ser felizes juntos? Porque te proíbes de pensar em tudo o que se passa na tua vida, no teu coração? Porque preferes jogar-te nos braços de outra, que tem tão pouco em comum com a mulher da tua vida, aquela que no teu estado normal escolherias para estar a teu lado, e nem por um momento és capaz de pensar no que estás a recusar, cegamente?... Amor não é prisão, amor. Amor não é dôr... Amor não é stress... nós sabemos disso... amor é feito de tanta coisa, como tu sabes, onde tb há espaço para as discussões, pois é importante discutir, pelo simples facto de que as coisas são importantes demais para não as tentarmos resolver... se não discutissemos, seríamos ou dois seres perfeitos, ou 2 hipócritas acomodados, e eu não quero ser nem um nem outro!... aprender a discutir, como  e quando tb é importante. E isso já nós aprendemos... Aprender a não deixar o Amor para depois, só com medo que amanhã, por um problema qlqr, haja arrependimento, tb já aprendemos... o perdão, a tolerância... vale tudo a pena, e é no AGORA, não é depois... o não stressar com coisas que ambos já sabemos que não é defeito, é feitio, o saber que se agimos de alguma forma mais travessa não é para magoar o outro, porque não somos inimigos…

E ver-te recusares sequer a hipótese de sermos felizes juntos, depois do tanto que lutámos para nos conhecermos melhor, para nos compreendermos e tolerarmos, é para mim uma coisa incompreensível... jogar fora toda a riqueza que a pouco e pouco, com tanto carinho, com tanta dedicação, com tanta paixão fomos juntando, riqueza de conhecimento mútuo, de partilha, e cumplicidade, de Amor, é para mim algo que... não consigo aceitar, não entra na minha compreensão... é brutal... de que valem tantos anos de partilha, entre-ajuda, amizade e amor? de que vale?...

Sim meus queridos Amigos, como praticamente tods voçês me dizem, valeu por tudo de bom, valeu por mim, que cresci, aprendi umas quantas lições preciosas, estou a procurar o meu equilíbrio como ser-humano, e sei q depois vou ser capaz de voltar a ter um relacionamento equilibrado, e serei concerteza mt feliz (serei?)... mas de que vale ser linda, equilibrada e saber ultrapassar as rasteiras que o convívio diário a dois nos prega, se não o posso ser com aquele que vejo como o meu homem ideal, com aquele para quem procurei ser feliz, para o poder fazer tb feliz, com aquele que imagino a ser o pai dos nossos 4 filhos, a carregar um às cavalitas, outro ao colo, outro agarrado à perna e outro debaixo do braço? sim porque ele seria capaz disto e mt mais... ele seria capaz de amar incodicionalmente, pois sempre teve um coração de OURO. Filho de uma família Feliz, equilibrada, tem tudo para ser um excelente companheiro, pai de família, e ainda assim corresponder aos meus apelos doidos de aventura e fuga à rotina... éramos tão bons juntos... Completas-me em aspectos em que sou fraca, e eu completo-te em outros aspectos que tb tu sabes que és fraco... e juntos fizemos o wondercouple... que acabámos por matar, devido à inexperiência do primeiro Amor, da primeira relação a sério... e que agora, mais pronta do que nunca para me dividir de novo contigo, e fazer a coisa com a sabedoria adquirida da dôr e do sofrimento pelo qual passamos, vejo-te recusares isto... em prol de algo que nem sabes mt bem o q é... como posso aceitar?... como posso acreditar em mim, no valor desta vida, do amor e da cumplicidade, se tu, que eras o meu bem mais precioso, e para quem tb eu era o teu bem mais precioso, recusas agora a nossa verdadeira oportunidade de sermos felizes?... que dôr... sento-me à beirinha do precipício à espera do golpe final, que me fará saltar sem sequer pensar 2 vezes... morta já estou.

Recusares a profundidade do nosso amor… recusares a Felicidade a meu lado… por medo... por preguiça... por inércia... não consigo... sabes que qd queremos é tão fácil.

socorro

 

aluado por Bianca às 12:07
link do post | favorito
De Pankas a 13 de Novembro de 2006 às 16:11
Oh meus deus Bianca, isto ta mesmo mal...
e eu a pensar k depois da conversa k tiveste com ele k tudo ia ficra mais esclarecedor dentro de ti... rrei... E errar é humano...

Bianca... Não sofras mais... Não sofras por amares tanto... Sei que é dificil... mas de dia para dia começo a ficar sem argumentos... lol...

Eu sei k vais ficar bem...

Beijos
Fica bem..
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

.O meu ADN Visual :)

Read my VisualDNA     Get your own VisualDNA™

.Passaram por esta Lua...

xanga tracker
Digital Blue Cameras

.luares recentes

. A Dôr de Sentir e Saber

. o fim

. Cegueira

. inércia

. Inconsistência

. Já não tenho palavras

. A Paz que não existe

. ai... suspiro...

. HOMEM

. Coração fora

.Luas passadas

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Setembro 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Fevereiro 2011

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Agosto 2006

. Maio 2006

.Janeiro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.blá blá blá?

.favorito

. Covardia

. "Amigo"

. Compadre Inventor

. Tu ... um encontro ...

. o maior tesouro do mundo

. Não sei o quê ...

.pesquisar nesta Lua

 

.subscrever feeds