Sexta-feira, 17 de Novembro de 2006

que raio de pessoa sou eu...

... ele, chocado comigo exclama: "Assim ainda tenho menos vontade de falar contigo!", e pergunta: "... que raio de pessoa és tu que dá esse valor à vida? Que raio de pessoa és tu?!"... como te compreendo... como compreendo que te sintas assustado comigo, com o que te digo... e queiras fugir ainda mais...

... morro...

Que raio de pessoa sou eu?... ;'(

aluado por Bianca às 16:01
link do post | vem até à minha Lua Azul | favorito
9 comentários:
De Pankas a 17 de Novembro de 2006 às 17:24
Olá Bianca!!!!!!!

Ausente!!! Pois andas, eu até pensei que fosse por uma boa causa, mas estás cada vez mais de rastos... Já não sei o que te dizer... Não morras por causa desse amor... Porquê que não tentas afastar-te um pouco? Afasta-te um pouco dele, para ver qual a reacção dele.

Olha Bianca!!! Eu estou bem, melhor do que eu pensei, o k ele me fez não se faz a ninguém e eu não quero continuar a ser objecto dele, não sou de aluguer... Nem nunca serei...

Beijos...
Fica bem....
De Luminusidade a 17 de Novembro de 2006 às 19:31
Pudesse eu, minha amiga, transpor em palavras a profunda gratidão que sinto pela amizade que me concedes e me entregas de forma tão sublime …
Pudesse eu, minha amiga, descrever-te o aconchego que as tuas palavras me oferecem … nestes dias tão amargos …
Certamente que a amizade só é compreendida na base da pura generosidade que se devota a alguém … na mão que se estende … no sorriso que se presenteia … na confiança e estima gratuita … no bem que se quer sem nada receber em troca … na troca e partilha de momentos … eu sei …
Por isso … a tua amizade tem ainda mais valor … porque aparece na escuridão do conhecimento … do nada físico …

“Houve tempos em que me senti só, mas como um presente maravilhoso de Deus, você surgiu em minha vida, com seu jeito especial e sua amizade verdadeira... E hoje, não mais estou só, porque tenho você..."

Amiga ... para responder à questão que colocas no teu post ... tu és tudo isto para mim ... e muito mais ainda ...
Desejos de um feliz fim de semana ….Minha Amiga




De Bianca a 19 de Novembro de 2006 às 22:15
Minha querida Luz...
poderei alguma vez exprimir por palavras a gratidão por esse sentimento tão nobre que me dedicas?... não. Não existem palavras que cheguem... és muito especial, a tua generosidade não deixa de me surpreender a cada comentário que fazes a estes episódeos deste meu inferno... só posso exprimir a minha enorme GRATIDÃO para contigo, para com a atenção e AMIZADE que, de forma tão profunda e tocante, me ofereces, e aceitá-la, da mesma forma que sei que tb tu já aceitáste a minha... do pouco que tenho, pois dividirei contigo, porque dos poucos se fazem o Todo que nos mantém vivas e a lutar por nós a cada dia que passa.
Grata minha querida amiga... mui grata ;')
De Bianca a 19 de Novembro de 2006 às 22:09
Abelhinha... fico feliz por saber que estás bem ;') ...
temo afastar-me dele e ser remetida para o esquecimento... até porque cada dia que passo sem o vêr é um martírio... quero-o junto a mim, tenho saudades de beijá-lo... tenho saudades do seu abraço, forte e quente... sei que tenho de ser forte e tentar desaparecer da vida dele... mas é TÃO difícil... ;'''''''(
De Pankas a 20 de Novembro de 2006 às 00:15
olá!!!
Dúvido que sejas remetida para o esquecimento... Um grande amor é sempre um grande amor... um pequeno amor é sempre um pequeno amor... uma amizade é sempre uma amizade... um objecto é sempre um objecto... São coisas que nem o nosso inconsciente é capaz de esquecer...

É completamente normal que tenhas saudades... quem não o tem!!!! Quem diz que não tem não está a ser verdadeiro de todo... Nós temos sempre saudades seja do que for...

Beijos...
Fica bem...
De Love and Devotion a 18 de Novembro de 2006 às 22:03
Olá! Já olhaste bem para ti? Agora, inconscientemente estás a julgar que tudo o que está a acontecer só se deve única e exclusivamente a ti! "como compreendo que te sintas assustado comigo": agora também o desculpas por te julgar uma louca e por ter outra? A culpa nunca morre solteira! Ele também tem uma quota parte de culpa no vosso afastamento! Disso nunca duvides! Agarra nessa verdade e transforma-a em sentimento de ódio, que mais tarde passará a indiferença.
De Bianca a 19 de Novembro de 2006 às 22:37
Love and devotion...
tens razão qd dizes que me estou a culpar por isto tudo... já outra boa amiga minha me diz a mesma coisa... duas pessoas a dizerem a mesma coisa, devem de ter razão... mas a verdade é que sim, sinto que grande parte da minha infelicidade se deve principalmente a mim, aos meus actos, ao facto de ter dado as coisas por garantidas... tão garantidas que decidi acabar o meu relacionamento, pois estava segura que seria por uma boa razão, pois iríamos os dois crescer como pessoas, e depois conseguiríamos ser felizes juntos, como já fomos, pois o Amor continuava lá... erro crasso qd lhe disse q não o amava, na esperança de que ele crescesse como pessoa, não com o objectivo de estar novamente cmg, mas por ele, desinteressadamente... percebes? Acho que se nos amarmos a nós próprios sem estar a pensar em agradar a alguém, dará mt mais resultado... ele agarrou-se ao "não te amo", e decidiu destruír-se ainda mais, e embarcar na primeira coisita fácil que lhe apareceu, com os requesitos mínimos, e nutrir por mim uma mágoa imensa, quase raiva, que o faz ser extremamente cruel e frio, que lhe tapa o amor que sente por mim, que lhe dá mt medo de voltar a sofrer por minha causa... diz-me... como posso não me sentir culpada?... :'(
em relação a odiá-lo... pois odeio-o pela amargura que me causa, odeio-o pela frieza com que se tornou capaz de me tratar... mas... sabes aquela história de o amor ter perguntado ao ódio: "porque odeias tanto?", e o ódio ter respondido:"Porque um dia amei demais..."... pois é... por vezes odeio-o pelo que me está a fazer, mas a verdade é que o Amor que sinto por ele, a nossa ligação espirítual, é muito maior... ele é "o tal"...
De Tiago a 19 de Novembro de 2006 às 21:51
O dizes é errado para ele e para todos os que nunca sentiram como tu. Quando alguem nos diz "Não" nós não percebemos e lutamos até a exaustão, mas sera que essas almas que nao respeitam ou tentam compreender o amor devem ter razao?
De Bianca a 19 de Novembro de 2006 às 22:55
Tiago,
poderão ter razão na medida em que esta alma, em especial, sabe bem o inferno que é ouvir "não"... e talvez por saber tão bem o veneno que é ouvir isso, me esteja a fazer a mesma coisa, para se protejer, para que tb eu sinta o que é ouvir a cruel rispidez daquele "não"... é como se me espetasse um faca, de lâmina bem romba, que perfura lentamente o meu coração, que está diante dele, e lho ofereço a cada dia que passa, dentro de uma bandeja... a dôr é brutal... e aprendo com ela.. a cada dia que passa, aprendo... não voltarei a cometer os mesmos erros... mas... é tão difícil encarar mais uma hora, que seja, sem o amor daquele que é o meu mundo... onde sem ele os amigos não fazem sentido, as saídas, passeios não têm valor... o trabalho e os sucessos que dele advêm nao têm qlqr sabor... preciso do seu amor para me sentir feliz... e morro por dentro, seco... triste... rodeada de pessoas que me querem bem, mas que a esta altura me parecem tão distantes, tão desconhecedoras de mim... tenho 2 ou 3 apaixonados, insistentes, que me causam... pena... não sonham eles que não têm qlqr hipótese?... não me conhecem, e houve até um que diz querer-me para a vida, que sou a pessoa que ele sempre procurou... meu deus... pode?...isto ainda me deprime mais... sinto-me cruel e fria... tento ser amiga deles, mas a cada avanço, recuo... só quero que me deixem em paz!
Percebes, Tiago, o valor deste "não", e o que ele, na realidade, significa?ele sabe bem o que isto é... ele sabe... ainda assim não sonha o sofrimento que me causa...

Comentar Luar

.luares recentes

. A Dôr de Sentir e Saber

. o fim

. Cegueira

. inércia

. Inconsistência

. Já não tenho palavras

. A Paz que não existe

. ai... suspiro...

. HOMEM

. Coração fora

.Luas passadas

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Setembro 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Fevereiro 2011

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Agosto 2006

. Maio 2006

.Janeiro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.blá blá blá?

.favorito

. Covardia

. "Amigo"

. Compadre Inventor

. Tu ... um encontro ...

. o maior tesouro do mundo

. Não sei o quê ...

.pesquisar nesta Lua

 

.subscrever feeds